Ayurveda e Shiatsu: minhas experiências com essas terapias

Shiatsu e Ayurveda

Cada vez mais nós, ocidentais, estamos compreendendo que somos parte do Universo, em todos os sentidos. As culturas antigas já têm, em sua medicina própria, como os exemplos à seguir, essa visão, se beneficiando dela em busca da longevidade. Hoje trago para vocês duas terapias que já tive oportunidade de fazer: o Shiatsu e a Ayurveda. Duas técnicas tradicionais- uma japonesa e a outra, indiana- que têm sido responsáveis pela saúde equilibrada desses povos.

Shiatsu

Shiatsu é uma palavra japonesa que significa “pressão com os dedos”. Esta técnica surgiu no Japão, criada por Tokujiro Namikoshi ao tratar sua mãe e foi reconhecida oficialmente pelo governo japonês em meados do século XX. O Shiatsu utiliza os conceitos da Medicina Tradicional Chinesa e de preceitos de saúde tradicionais da cultura japonesa. Ele é uma espécie de massagem que desinflama e tonifica os órgãos. Interessante, não?

Segundo essa prática, a energia vital (ou Chi, no chinês, e Ki, no japonês) se movimenta por meio de canais no corpo humano – semelhante ao que acontece com o sangue pelas veias e artérias – conhecidos como “meridianos”.

A energia circula no nosso corpo, lembrando um relógio, onde cada meridiano tem maior intensidade enérgica, a cada duas horas.

Em alguns pontos o fluxo desta energia pode se alterar e criar um padrão de estagnação, desequilibrando a saúde física e mental da pessoa acometida. Através da pressão dos dedos, aplicados nos chamados meridianos,- os mesmos usados pela acupuntura- desinflama e tonifica os órgãos, melhorando sua circulação. Isso promove o seu bem-estar, aliviando dores musculares e dores de cabeça, por exemplo. As energias do nosso próprio corpo nos ajudam e nos fortalecem.

Habitualmente utilizo-me dessa técnica para melhorar dores na cervical, lombar, inflamações e congestão pulmonar, tratando suas causas.

Ayurveda

Conheci essa terapia nada convencional há uns 15 anos e me encantei por ela. Trazendo todo o conhecimento da incrível medicina Indiana e considerada a mãe da medicina, o Ayurveda é uma filosofia médica oriental surgida há mais ou menos 12 mil anos atrás.

Segundo o sânscrito indiano, Ayurveda significa “ciência da vida”, ou seja, ela é a ciência ou sabedoria que propõe uma vida saudável em harmonia com as leis da natureza com o objetivo de alcançar a felicidade. Nesta filosofia indiana a saúde é um estado de completude- é a sabedoria que propõe uma vida saudável em harmonia com as leis da natureza

Da mesma forma que todo o universo, o nosso corpo é composto por 5 elementos: ar, água, terra, fogo e espaço e tem dois objetivos principais. O primeiro é preservar a saúde das pessoas saudáveis e o segundo, curar doenças de pacientes usando medicamentos naturais que fortalecem nosso sistema imunológico.

As ferramentas terapêuticas do Ayurveda são medicamentos naturais. Sua utilização depende de um diagnóstico realizado através de um exame físico minucioso.

Os seguintes métodos também podem ser indicados como tratamento: oleação com óleos vegetais; sudação; massagens; medicamentos ayurvédicos de origem animal, mineral e vegetal, incluindo as plantas medicinais; dieta com alimentos da região e estação do ano; biopurificação e desintoxicação e prática de Ioga e meditação.

“Para o ignorante o mundo é seu inimigo, porém, para o sábio o mundo é seu professor” Charaka Samhita

No próximo e último texto do mês, trarei para vocês uma seleção de terapias não convencionais super diferenciadas.

Já falamos aqui na Bemglô sobre como a música também é um tipo de terapia. Além de como os aromas possuem poderes terapêuticos.

Semana que vem falarei mais um pouco sobre isso!

Beijos,

 

 

 

 

Brinco Pena

Brinco Pena

Comprar

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *