Cultura e sociedade: os melhores lugares para uma mulher estar

cultura

Segundo um relatório publicado pelo site US News and World Report, a Dinamarca está no topo da lista de melhores países para mulheres viverem. Na pesquisa, foram avaliados cinco critérios: direitos humanos, igualdade de gênero, igualdade de renda, segurança e desenvolvimento. Com tanta diversidade de cultura, existe uma variação marcante pelo mundo no que diz respeito aos direitos da mulher. Pensando nisso, nossa dica de viagem hoje é uma lista de países onde mulheres vivem bem. Confira:

Países onde a cultura e a sociedade valorizam a igualdade entre homens e mulheres

Áustria

Segundo o Índice de Desigualdade de Gênero, desenvolvido pela ONU, quase 100% das austríacas possuem o ensino secundário completo.

Luxemburgo

Em 2015, 21 países da União Europeia assinaram uma carta destinada à Comissão Europeia pedindo a criação de uma estratégia para a igualdade entre homens e mulheres. Luxemburgo estava nessa lista.

Grã-Betanha

Em 1970, o governo britânico aprovou uma lei que exige a igualdade salarial entre homens e mulheres. Recentemente, o governo deu entrada em um projeto de lei que exige de empresas a diferença entre os salários entre homens e mulheres com a mesma função. Se o projeto for aprovado, as empresas terão que divulgar os valores.

Alemanha

Neste país, 53% das mulheres estão empregadas e 96,2% possuem diploma de ensino secundário.

Nova Zelândia

País pioneiro na aprovação do voto feminino, a Nova Zelândia possui ótimos índices de mulheres com acesso à educação e qualidade de vida, segundo a pesquisa realizada pelo US News and World. Report.

Canadá

O Canadá foi nomeado o terceiro melhor país para as mulheres viverem. Segundo o relatório, o governo do Canadá colocou a proteção dos direitos das mulheres como prioridade em sua política interna e externa.

Dinamarca

No topo da lista, a Dinamarca possui os melhores serviços de saúde e educação, promovendo a igualdade de gênero. O país ainda oferece uma das licenças à maternidade mais flexíveis da Europa. Segundo a organização Save the Children, A Dinamarca é considerada o melhor país para se criar filhos, ficando em quarto lugar no Índice de Maternidade em 2016.

Faça as malas e aproveite estes lugares incríveis!

Weekend Bag

Weekend Bag

Comprar

1 Comment

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *