Doces e a sua relação com o Yang feminino

Doces e o yang feminino

Doce é o sabor mais procurado pela mulher. A mulher é doce. Seu leite é doce. As babás são mulheres, cuidadoras, ninam crianças com vozes doces. Comer um doce de tarde é comum entre as mulheres. Porém, muita doçura pode diminuir a bravura necessária para se ganhar a vida. Muito doce bloqueia o fluxo energético, estagna o corpo, dá preguiça. O doce facilita a maior adaptação para ficar numa zona de conforto, sem decisões.

Na compreensão taoísta a dualidade existe em todos os seres. Todos temos um lado Yin e um lado Yang. O Yin é relacionado ao feminino, ao frágil, ao escuro, à água e ao frio. O Yang é relacionado ao masculino, à força física, à luz e ao fogo. De uma forma geral a mulher é Yin e o homem Yang. Acontece que dentro do Yin tem o Yang, ou seja, dentro da mulher tem uma porção masculina (que lhe dá força, decisão) da mesma forma que todo homem tem um lado feminino (que se expressa por exemplo na vaidade ou em um gesto de carinho).

A mulher Yang é aquela que é decidida, batalhadora, tem a libido ativa, pratica alguma atividade física e é conectada com as redes ao deu redor. No passado era exaltada como dádiva a mulher submissa (característica Yin), com olhar para baixo (Yin), medrosa, frágil (Yin), praticamente incapaz de exercer funções administrativas que não fossem domésticas. Há menos de 50 anos atrás ainda existiam vários Internatos para meninas, onde elas entravam na idade escolar e saíam aos 18 anos “preparadas para casar”, sabendo costurar, tocar piano e aceitar o destino provavelmente traçado pelo pai. Mas os tempos mudaram! E as mulheres mudaram o tempo.

Para ganhar mais dinamismo e ter menos desgaste em meio ao corre-corre, seguem algumas dicas para a mulher moderna e batalhadora:

Para aumentar a coragem: Reduza o Doce. Doces à tarde dão apatia.

O hábito de comer doces reduz a testosterona, que é um hormônio sexual que dá características atribuídas ao masculino. Os doces facilitam que se viva com os conflitos não resolvidos. Na zona de conforto o mais fácil as vezes é comer um doce e engolir os sapos enquanto que, o ideal na maioria das vezes, seria cuspi-los, resolvê-los.

Hoje, talvez na maioria dos lares, são as mulheres que dão a segurança física e financeira à família. A energia Yang as move para a batalha diária onde uma pitada de audácia se faz necessária para conquistar o espaço social e de trabalho.

Para ativar a audácia: Sal e sabores picantes encontrados nas pimentas, alho-poró, gengibre, canela, anis estrelado, açafrão da terra.

O sal é necessário para manter um metabolismo ativo. Devemos evitar o seu excesso, porém, o sal se faz necessário para que tenhamos um raciocínio rápido e resistência física.

Para aumentar a libido e ativar a testosterona: Maca peruana.

É um tubérculo originário dos Andes. Pode ser encontrado em forma de pó para ser diluída em sucos, com uma fruta ou iogurte.

Para evitar infecções urinárias de repetição: Cranberry, em sucos ou extratos.

Evite ficar um longo tempo sem urinar. Muitas mulheres ficam horas sem urinar por sentirem-se desconfortáveis com as opções de banheiros na rua. Reter urina e beber pouca água facilita infecções urinárias de repetição.

Para evitar Candidíase vaginal: Óleo de Orégano

Tomar 1 colher de chá ou 1 cápsula (orégano oil) ao dia.

 

Para finalizar, em relação aos sabores, a mensagem é para que se reduza o doce, mas “sem perder a doçura jamais”. Vez ou outra se dê de recompensa uma sobremesa ou um café com bolo que remeta à infância, à mãe e ao aconchego.

Afinal, a vida tem que ser doce.

Almofada Redonda Fuxicão - Rede Asta

Almofada Redonda Fuxicão – Rede Asta

Comprar

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *