Doses de natureza

natureza

A vida em ambientes urbanos pode em princípio parecer não estimular muito as práticas de integração com o meio ambiente, tão importantes para a nossa saúde e bem estar, fazendo com que não despertemos para as possibilidades que a cidade nos oferece. Na verdade, tomar doses de natureza e implementar este hábito no nosso cotidiano pode ser mais simples do que acreditamos.

O que são doses de natureza e como elas atuam para o nosso bem estar?

Bem, como o próprio nome já indica, dose de natureza é um termo que se refere ao simples contato com meios em que os elementos naturais estejam presentes.
Nas grandes cidades, há também recantos onde podemos e devemos nos refugiar de vez em quando, já que nem sempre é possível viajar e estar realmente cercado de verde, no “colo da mãe natureza”. Modos de vida que nos aproximem do mais simples, do silêncio, da experimentação de outras formas de comunicação, que não as automáticas e virtuais, o ato de preparar e elaborar uma alimentação de forma menos apressada, nem que seja somente alguns dias na semana, já proporcionam o contato com uma vida mais saudável.

Há quem opte por mudar radicalmente. Há quem decida não mais viver no ambiente muitas vezes caótico dos grandes centros, mudando estilo de vida e trabalho para se adequar a um modo mais ético de se relacionar com natureza. Mas o fato é que podemos sim, transformar nossa relação com o nosso meio, sem que isso altere tanto o nosso dia a dia.

No caso específico da cidade do Rio de Janeiro, onde o espaço urbano reserva ainda alguma integração com a natureza, praticar estas pequenas doses é ainda mais fácil. São parques, florestas, jardins, cachoeiras e praias que podem trazer um pouco desta conexão que, infelizmente, a correria não nos permite viver.

Inspirada neste diferencial da capital fluminense – uma grande cidade que possui alguns atributos de cidades refúgio – a fotógrafa franco-brasileira Emmanuelle Bernard reuniu trabalhos que retratam a íntima relação do Rio com o mar.

Em seu livro Mar (2015), Emmanuelle busca captar o poder terapêutico das águas salgadas, propondo de forma idílica o resgate de pequenos prazeres presentes no cotidiano, bem como o olhar mais apurado no que diz respeito ao potencial curativo dos mares, do ar e do sol.

Mergulhar no mar, andar sobre as areias e sentir a brisa, mesmo num dia nublado, é tomar uma dose de natureza, deixando que o ambiente exerça influência sobre o seu interior, harmonizando frequências energéticas e trazendo benefícios fundamentais para a saúde do corpo e da mente.

Boa ideia, não acha? Que tal começar já!?

Livro Mar - Emmanuelle Bernard

Livro Mar – Emmanuelle Bernard

Comprar

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *