Escadas x Elevadores: quando utilizar cada um

Escadas

Você já imaginou a diferença que a conta de luz do seu prédio pode ter se você e outros moradores optarem por usar as escadas ao invés dos elevadores em certos casos? Ou o bem que o hábito de subir alguns lances pode trazer para o seu corpo? Pois saiba que subir e descer escadas é uma forma excelente de baixar o colesterol e a pressão arterial. No caso do edifício, o prédio inteiro pode sentir a diferença na taxa de luz se todos procurarem por opções mais saudáveis e econômicas. Por esse e por outros motivos, vá de escada sempre que puder!

Quando utilizar as escadas

O sobe e desce das escadas ajuda a turbinar o fôlego, a definir o corpo e ainda auxilia na perda de peso. Além de que ainda conta –e muito! – como atividade física: queima entre 700 e 800 kcal por hora e trabalha pernas e glúteos.

A subida da escada exige fôlego e trabalha o condicionamento cardiovascular. Na descida se recupera a frequência cardíaca. Subir e descer é a combinação ideal, pois isso melhora os benefícios para o coração e eleva o gasto calórico.

Você também pode tornar esse hábito uma atividade física regular. Treinar utilizando as escadas é uma boa opção para quando você não quiser ir à academia. Pesquise como seu instrutor algumas séries de exercícios que você pode fazer nela, as combinações são diversas!

Elevadores: quando e como utilizar

Quanto aos hábitos em vizinhança, vale a pena uma conscientização geral dos condôminos para evitar o desperdício de energia e, obviamente, a conta alta no fim do mês. Se houverem dois elevadores no seu hall, um ao lado do outro, quando alguém precisar subir ou descer a dica é de que se acione apenas um deles. Assim se evita tanto o gasto de energia como o desgaste do aparelho. Respeitar o limite de pessoas indicado na cabine também evita danos ao equipamento. Sem contar que a viagem é mais segura.

O uso racional dos elevadores é outra boa sugestão, que você pode compartilhar com os vizinhos. Os equipamentos podem ser desligados em horários alternados, em dias e horários de menor movimento.

Cuidados ao subir escadas

Estar em dia com os exercícios físicos é a chave para que esse novo hábito não acarrete em dores e problemas. Uma vez que impõe um trabalho aeróbico considerável, tanto na subida quanto na descida, a escada pode gerar sobrecarga nos joelhos se o quadríceps (o músculo anterior das coxas) estiver fraco. Por isso, é preciso fortalecer as pernas, os joelhos e os glúteos com musculação. O alongamento também se faz necessário, principalmente para não sobrecarregar o tendão patelar.

Portanto, antes de mais nada consulte seu médico e informe a ele que você pretende adaptar sua rotina para incluir as escadas sempre que puder nas subidas e descidas do dia a dia. Assim ele pode indicar a melhor maneira para que você não sobrecarregue o seu corpo e ainda assim tenha uma vida mais saudável e sustentável!

Candelabro - Crafta

Candelabro – Crafta

Comprar

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *