Escola de belas artes da UFRJ comemora seus 200 anos

Escola de belas artes UFRJ

Fundada de forma oficial em 1816, a Escola de Belas Artes é, atualmente, uma unidade do Centro de Letras e Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Sua importância é tamanha que ela foi escolhida como tema para o próximo enredo da escola de samba de São Clemente, para o carnaval de 2018. Mas enquanto o momento de aplaudi-la na Sapucaí não chega, que tal conferir uma exposição incrível no Museu Nacional de Belas Artes, que conta com obras de 39 artistas graduandos, mestrandos e doutorandos? A exposição vai até dia 17 de dezembro, não perca!

Desde sua fundação, a escola já foi chamada de diferentes nomes e funcionou tanto como instituição independente, quanto integrando outras instituições. Trata-se de um dos mais importantes centros culturais do Brasil, refletindo as diversas transformações registradas pela história do país.

A Escola de Belas Artes foi enfatizada pelo eixo de curadores como instituição que preserva a preocupação social, política e intelectual das diferenças individuais, o que não impede a formação de um corpo e uma identidade. A Curadoria busca destacar as diferenças e afinidades em desenhos, gravuras, pinturas, esculturas, instalações, vídeos e performances que fizeram da escola um paraíso vocacionado para a arte e cultura no Rio de Janeiro.

Celebrando o aniversário de dois séculos da escola, o Museu Nacional de Belas Artes exibe a exposição Bienal da EBA. A cada edição, é definido um tema para nortear a produção das obras para a exposição. O tema que orienta esta edição da Bienal é “Reflexos” e está imperdível!

O que é a Bienal da Escola de Belas Artes da UFRJ

A Bienal da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EBA/UFRJ) é o projeto de extensão que integra toda a Escola. O projeto, desenvolvido ao longo do ano, culmina com uma exposição coletiva de estudantes, a fim de visibilizar e colocar em pauta a produção da Escola, envolvendo as diferentes linhas de expressão dos cursos e estreitando as relações entre os estudantes em formação e o público em geral.

Pinturas, gravuras, desenhos, colagens, esculturas e fotografias, assinados por 39 artistas graduandos, mestrandos e doutorandos, serão exibidos na mostra. Vale super a pena prestigiar esses talentos, que estarão presentes na exposição até dia 17 de dezembro.

Serviço:

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro.

Terça à sexta, de 10h às 18h.

Sábado e domingo, de 13h às 18h.

Ingresso: R$ 8,00 (grátis aos domingos).

 

Reprodução Coração 5 de Thamy Albrecht

Reprodução Coração 5 de Thamy Albrecht

Comprar

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *