A importância de deixar as crianças se vestirem

Deixar as crianças se vestirem

O desenvolvimento infantil não se dá somente através dos estudos e aprendizados escolares, mas também das combinações de diversas escolhas diárias no meio da criança. Sua personalidade começa a se formar desde muito pequenos, o que inclui suas escolhas de vestimenta. A partir dos três anos as crianças já começam a apresentar sinais de que desejam escolher o que desejam vestir, o que é muito importante para seu desenvolvimento. Por isso, pais, é importante perceber esses sinais e deixar as crianças se vestirem!

Deixar a criança ser quem ela é, abandonando as “expectativas” que são impostas (mesmo que sutis), não é uma tarefa simples. Nem sempre as opções que os pequenos fazem condizem com o senso estético dos pais. Muitas vezes, os filhos insistem em roupas que não combinam e se recusam a arrumar o cabelo. Pequenas batalhas do dia a dia, mas que nem sempre vale a pena travar.

Alguns psicólogos entendem que deixar as crianças se vestirem é um bom exercício de autoconhecimento para elas. De acordo com a psicóloga Sara Menezes Abrantes, em entrevista, “Se uma criança quer vestir, por exemplo, uma roupa de frio durante um dia muito quente, pode-se deixar, a fim de que ela experimente as sensações e perceba o que deve e o que não deve ser usado”.

Como deixar as crianças se vestirem de maneira saudável

Apesar de se entender que um a liberdade faz bem nessa fase, os pais precisam ter em mente que tudo correrá bem dentro de certos limites. Deixar o guarda-roupa inteiro como possibilidade de escolha pode complicar a vida dos pais, já que os filhos, às vezes, fazem opções inadequadas. Por isso, Sara afirma que é uma boa ideia, na hora de deixar as crianças se vestirem, os pais separarem alguns looks para os filhos escolherem.

Assim, a criança estará segura de sua escolha e poderá também refletir acerca do que lhe foi apresentado. Os pais devem agir sempre como orientadores, respeitando a identidade de seus filhos, mas, ainda assim, mantendo a sensibilidade baseada nas regras sociais. E, o mais importante, se houver alguma situação em que não se puder seguir as decisões estéticas dos filhos, o diálogo é fundamental.

Valorize e reforce positivamente as características e o estilo dos seus filhos. A não aceitação dos pais da identidade, das características estéticas naturais dos filhos e das escolhas na hora de deixar as crianças se vestirem geram problemas futuros de autoestima, que poderiam ser evitados.

A imposição de padrões estéticos é um problema grave em nossa sociedade. Determinar o que é bonito ou feio com base em modelos generalizados e não valorizar as características naturais dos filhos são ações que impactam na autoestima da criança. Por isso, procure sempre deixar as crianças se vestirem, valorize sua identidade e ensine-os a se cuidarem e se amarem, independente de qualquer coisa!

 

Bolsa em Rattan Bemglô

Bolsa em Rattan Bemglô

Comprar

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *