Mergulho interior: meditação vipassana

meditação

Viajar tem um um poder transformador, principalmente quando a viagem é para lugares desconhecidos. Um primeiro contato com uma outra cultura, com diferentes hábitos, pode mudar a forma como nós enxergamos nossa maneira de estar no mundo e nosso relacionamento com as pessoas. A meditação Vipassana propõe isso tudo, só que de uma maneira bem diferente do usual.

Mergulho interior atráves da Meditação Vipassana

Você já se imaginou viajando para dentro de si mesmo? A técnica milenar de meditação indiana, o Vipassana, vem ganhando muitos adeptos ao redor do mundo e também causa certa estranheza.

Trata-se de uma caminho pelo qual se enxerga as coisas como realmente são, limpando a mente indo de encontro à verdadeira felicidade.

Assim como nos exercícios físicos treinamos para termos um corpo mais saudável e preparado para corresponder às nossas exigências e estímulos, no Método Vipassana, exercita-se a mente para que ela seja mais focada e limpa, para assim responder de forma mais natural, intuitiva e menos automática aos agentes externos.

Não é uma técnica fácil. Estamos acostumados a reagir a tudo e no Vipassana uma das premissas é a não reação. São longos períodos de meditação e silêncio em que o corpo, habituado a estar em constante movimento e inquietude, assim como a mente, responde com algum incômodo a nova situação imposta.

Desenvolvendo o domínio da mente, estando atento à respiração e à auto-observação, a tendência é que, passados alguns dias, o praticante consiga integrar-se à sua natureza e manter-se mais consciente com relação às sensações do próprio corpo, acalmando e preparando o mental.

O “nobre silêncio”, o silêncio da mente, do corpo e da fala, é a abstenção da comunicação, onde a única conexão a ser estimulada é a conexão consigo mesmo. Não vá a um retiro de Vipassana pensando em trocar ideias, visões de mundo e experiências ou fazer amizades. A ideia é a sensação de esvaziar-se, eliminar interferências alheias que acabam por distrair o praticante em sua jornada.

Existem no Brasil e no mundo inúmeros centros aonde acontecem os retiros. Pessoas que já fizeram o curso garantem que é uma viagem de fato transformadora e garantem que é necessário estar preparado para verdadeiros saltos de consciência e de visão de mundo dentro de uma perspectiva realista.

A técnica não promete milagres, mas promove uma bela faxina mental. Com a aproximação do carnaval, já pensou em se jogar numa experiência interna e reveladora?

Beijos,

 

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *