A mostra “À mercê do impossível”, na Caixa Cultural (RJ)

mostra

Nas próximas semanas, que tal conferir a mostra “À mercê do impossível”, que celebra a poeta carioca Ana Cristina Cesar? A exposição reúne escritos, fotografias e vídeos de uma das maiores poetas dos anos 70, que completaria 65 anos neste ano (2017).

A mostra: confira as obras e história da poeta Ana Cristina Cesar

Ana Cristina Cesar foi uma das principais representantes da Geração Mimeógrafo. Dentre as características de suas obras, estão o intimismo e a coloquialidade. Formada em Letras pela PUC-Rio, mestre em Comunicação pela UFRJ e em Teoria e Prática de Tradução Literária pela Universidade de Essex , na Inglaterra, Ana também foi poeta, jornalista, tradutora e crítica literária.

O Movimento literário brasileiro “Poesia Marginal” floresceu em um conturbado momento político, enfrentando a ditadura militar e foi aí que o nome da poeta se destacou. Ana diferenciou-se dos seus contemporâneos por conta de um senso estético ímpar, além de um vasto repertório intelectual que levou sua poesia a um outro patamar.

As principais características de sua poesia são a atração pelo insólito do cotidiano; ênfase na experiência existencial; valorização do coloquialismo; o discurso construído na primeira pessoa; o culto do instante, entre outras.

No dia 1° de abril, a Caixa Cultural conta com um seminário com três mesas para discutir assuntos sobre a poeta. São elas Biografia|Ficção (14h), com a participação de Heloísa Buarque de Hollanda e Armando Freitas Filho; Intimidade|Mostração|Confissão (16h), com Alice Sant’Anna, Italo Moriconi e Luciana di Leone; e Corpo|Crítica|Clínica (18h), com Flavia Trocoli e Roberto Corrêa dos Santos.

Com curadoria de Ana Hortides, a mostra é dividida em quatro núcleos: textual, fotográfico e videográfico, sonoro e kids, onde destaca-se a montagem cenográfica utilizada para expor de modo alternativo a seleção de poemas escolhidos. O espaço kids foi inspirado pelo pequeno conto “O conde que tinha o rei na barriga”, escrito por Ana quando criança.

A exposição fica até 7 de maio e acontece na Galeria 7 da Caixa, de terça a domingo, das 10h às 21h. A entrada é livre!

Aproveite para conhecer neste fim de semana!

“Apaixonada

saquei minha arma,

minha alma,

minha calma…

Só você não sacou nada”

Poema de Ana Cristina Cesar

Livro Carioca - Emmanuelle Bernard

Livro Carioca – Emmanuelle Bernard

Comprar

 

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *