Mulheres importantes da Literatura Brasileira

mulheres

Hoje, se inicia o mês de maio e no blog da Bemglô, o foco será a mulher e seu poder feminino reconhecido em diversas esferas. Além disso, temos na data de hoje o dia do trabalho e o Dia da Literatura Brasileira, o que nos leva a lembrar de mulheres escritoras marcantes na história que deixaram um legado incrível e riquíssimo de obras.

Na história, as mulheres demoraram um pouco para conseguir um certo reconhecimento. Se pararmos para analisar os livros e índices, veremos que raramente as escritoras são citadas e quando são, a descrição é realizada com poucas linhas.

Felizmente, esta realidade é outra e hoje contamos com uma série de autoras maravilhosas reconhecidas e valorizadas. Porém, hoje vamos falar de algumas que ficarão para sempre em nossas memórias intelectuais.

Mulheres marcantes da nossa Literatura

Lygia Fagundes Telles (19/04/1923)

Apesar desse nome não ser estranho para muitas pessoas, poucos sabem que sua participação ultrapassa os livros. Lygia foi premiada com o Prêmio Camões em 2005 e também é membro da Academia Paulista de Letras desde 1982, da Academia Brasileira de Letras desde 1985 e da Academia das Ciências de Lisboa desde 1987. As obras da autora retratam temas clássicos e universais, como a morte, o amor, o medo e a loucura. Seus mais famosos trabalhos são “As meninas”, “Ciranda de Pedra” e a coletânea de contos “Antes do Baile verde”.

Lygia Bojunga (26/08/1932)

Esta autora iniciou a vida profissional como atriz, que também se dedicava ao rádio e ao teatro. Quando voltou-se para a Literatura, sua produção foi predominantemente voltada ao público infantil. Seus livros mais importantes foram: Os colegas (1972), Angélica (1975), A casa da madrinha (1978), Corda bamba (1979), O sofá estampado (1980) e A bolsa amarela (1981). Por essas obras recebeu, em 1982, o Prêmio Hans Christian Andersen, o mais importante prêmio literário infantil do mundo.

Hilda Hilst (21/04/1930 – 4/02/2004)

Poeta, ficcionista, cronista e dramaturga brasileira. Hilda é considerada uma das maiores escritoras em língua portuguesa no século XX. Em suas obras é retratada a relação das mulheres com seus desejos e sentimentos, do amor ao sexo. Suas obras mais famosas são: Cartas de Sedutor, Do Desejo, O Caderno Rosa de Lori Lamby e A Obsena Senhora D. Uma mulher interessada em quebrar imposições sociais da época quando a mulher pouco falava por sua perspectiva.

Cora Coralina (20/08/1889 – 10/04/1985)

Pseudônimo de Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, a autora é o destaque da poesia do Estado de Goiás. Suas obras mais conhecidas são: O Tesouro da Casa Velha e Estórias da Casa Velha da Ponte. Ao observar a vida de Cora, percebemos que a literatura foi sua vida, foi o registro de sua cultura, foi a vontade de se expressar. Escrever para ela foi a vontade de dizer para o mundo que ela estava ali.

Boa leitura! 😉

Livro Mar - Emmanuelle Bernard

Livro Mar – Emmanuelle Bernard

Comprar

 

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *