Tecnologia: mocinha ou vilã?

tecnologia

Quando você acorda, qual a primeira coisa que faz?  Levanta, abre a janela, toma um copo de água, ou já pega seu celular? Se você pensou no celular, é porque a tecnologia está muito presente em sua vida. Na verdade, ela está muito presente na vida da maioria das pessoas. Mas, será que nessa história toda ela é a vilã ou a mocinha?

Faço muito uso da tecnologia em meu dia a dia, seja falando com minha família, sabendo das notícias do mundo, pesquisando sobre assuntos variados e, atualmente, decorando meus textos. É maravilhoso como ela facilita nossas atividades diárias! Neste momento, por exemplo, você lê o blog da Bemglô e pode comprar o que desejar, do seu celular ou computador, de onde estiver!

Porém, é importante estarmos alertas ao seu uso demasiado.  Muitos filmes e séries abordam esse assunto, discutindo sobre o avanço tecnológico e seu impacto – tanto positivo quanto negativo, principalmente entre os jovens.

Falando nos jovens, a associação com novas tecnologias e mídias sociais fica cada vez mais próxima, onde a tecnologia, mais uma vez pode aparecer como vilã ou como mocinha. Veja esta reportagem do Canal Futura abordando esse assunto que, ao meu ver, deve ser sempre discutido.

A tecnologia a nosso serviço

No meu ponto de vista, a tecnologia, em si, é a mocinha. A grande vilã é a maldade humana, sempre achando uma maneira de envenenar, perverter e tirar proveito de grandes invenções humanas. O avião é um bom exemplo: criado com o intuito de abreviar o tempo das viagens, foi usado para bombardear cidades, matando milhares durante a Segunda Guerra.

Fora isso, os avanços tecnológicos, por facilitarem nossa vida, podem nos tornar sedentários. Até os anos 1980, aqui no Brasil, tínhamos que nos levantar e mudar o canal da televisão. Hoje podemos fazer isso até mesmo sem estar em casa!

Afirma-se também que a tecnologia nos permite estar em constante comunicação. Será? Não necessariamente. Muito tem se falado sobre a não-comunicação que vivemos nos dias atuais e sobre os tempos líquidos, em que nada é duradouro.

Há muitas vertentes a serem analisadas sobre o quanto a tecnologia influencia as nossas vidas, tanto positiva quanto negativamente. Vamos descobrir juntos e entender melhor sobre esse universo em que estamos todos conectados?

Até a próxima quarta!

Beijos,

 

 

 

 

 

 

Livro O homem, a Mulher e o Tempo

Livro O homem, a Mulher e o Tempo

Comprar

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *