A exuberância de Monte Roraima

monte roraima

Você toparia caminhar 10 quilômetros por dia para chegar a um monte de 2.875 metros de altitude e extensão que atravessa três países? Pois essa é a aventura oferecida àqueles que decidem conhecer Monte Roraima, montanha do período pré-cambriano (formação da vida na Terra) e se encontra na divisa do Brasil, Guiana e Venezuela.

Imagem: Wikipedia

Monte Roraima é o oitavo ponto mais alto do Brasil, mas o único que faz divisa com outros três países, sendo sua maior parte ocupante do território da Venezuela. Os 5% de sua extensão em terras brasileiras localiza-se na Serra de Pacaraima, estado de Roraima. A rota mais fácil para acesso, e grande parte de seus atrativos, porém, encontram-se na parte venezuelana.

O Monte é um Tepui, área elevada com topo plano, nivelado, e circundado por falésias, uma encosta íngreme ou vertical. Avistado de longe, o Monte assemelha-se a uma enorme muralha. As falésias por todo o entorno escondem vales,e o cume platô do monte esconde diversos níveis, picos, cavernas, quedas de água e até piscinas naturais nos mais de 10 quilômetros de comprimento e 5 de largura. Tudo em grande parte formado por arenito, um tipo de rocha do período proterozóico, com cerca de 2 bilhões de anos.

A fauna e a flora do Monte ainda é em grande parte desconhecida, com pesquisas e descobertas a cada ano. À base da montanha, porém, estende-se uma floresta tropical fortemente marcada por espécies endêmicas (espécies fruto do isolamento). O clima tropical é quente e úmido, e as fortes chuvas fazem surgir diversas cachoeiras no Monte. Também por via subterrânea, a água que flui do Monte dá origem a diversos rios, como o Kukenan e Arabopó, na Venezuela, e córregos que alimentam o rio Kako, na Guiana. Ao leste, encontra-se a nascente do rio Cotingo, subafluente do rio Amazonas, já no Brasil.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A aventura até Monte Roraima

Chegar a Monte Roraima não é necessariamente fácil. Partindo do Brasil, o primeiro passo é chegar a Boa Vista, capital do estado de Roraima, e lá mesmo contratar uma agência de viagens especializada no Monte. O trajeto se inicia com um translado até a aldeia Paraitepuy, já na Venezuela, de onde começa a caminhada. Leva-se normalmente 3 dias para chegar ao topo, e 2 para voltar, com acampamentos ao longo do percurso. Caminha-se em média 10 quilômetros por dia, com acompanhamento de guias, malas (incluindo barracas) e alimento. O trakking, este tipo de percurso à pé por trilha, é pesado e por isso tão procurado pelos apaixonados nesse tipo de atividade. O esforço físico, porém, compensa.

São entre 20 e 30 as atrações possíveis no percurso e nos dias de trekking no topo e dentro do Monte, entre mirantes, nados e escaladas. Antes de chegar ao monte, a caminhada reserva belas paisagens como a travessia pelos rios Tek e Kukena. Já no Monte o mirante La Ventana é um dos pontos mais altos e cartão postal. As piscinas naturais são outra grande surpresa: jacuzzis naturais e cristalinas formadas em meio aos rochedos. Outra piscina famosa, e um tanto assustadora tamanho sua imensidão, é o El Fosso, um poço com mais de 6 metros abaixo do nível do solo com passagens, galerias e cavernas submersas.

Muitos outros incontáveis picos de pedra tornaram-se mirantes bastante visitados pelas agências de turismo, como o La Proa, acessado somente com o auxílio de cordas; o El Mavrick, ponto mais alto do Monte; o Mirador del Roraiminha, cercado pela Amazônia e com 2.500 metros de altitude; e o Mirador El Abismo, com vista livre para a Guiana.

Se você tem medo de altura, ainda pode se encantar com o Lago Gladys, na parte guianesa do Monte; o Marco do IBGE, monumento que marca a parte brasileira; o Valle de los Cristales, região onde formam-se cristais de quartzo à exaustão; os Labirintos de Piedra, com trilhas em meio a rochas gigantes; e o Valle del Norte, um dos poucos pontos de vegetação ao alto do cume.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essas foram algumas dicas e singelas citações frente à imensidão que é a beleza de Monte Roraima, uma construção natural que esconde mistérios e infinitas exuberâncias. Se você busca imersão completa na natureza, uma volta aos períodos primitivos, uma experiência de total desapego do urbano e tem disposição e paixão para aproveitar cada passo nos diferentes ecossistemas da natureza, Monte Roraima é o destino perfeito pra você.

 

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux