Akatu – Consumo consciente para um futuro sustentável

No último dia 15 de outubro, comemoramos o Dia do Consumo Consciente e o Dia do Educador Ambiental, datas que nos lembram da importância de consumir com responsabilidade, aprendendo sobre os processos de produção e seus impactos e compartilhando com o próximo esse aprendizado. A instituição Akatu é uma das iniciativas que neste novo milênio tomaram a bandeira da sustentabilidade para si e desenvolvem um trabalho ímpar na promoção do consumo consciente e da educação ambiental. Desde 2000, prestes a completar 20 anos de existência, a Akatu acumula campanhas, ações e projetos que contribuem para deixar o nosso planeta mais verde e responsável. 

A iniciativa surgiu como um desdobramento do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, justamente no Dia Mundial do Consumidor, em 15 de março. À época, o Instituto estudava o papel do consumidor e seu empoderamento e impacto na relação com as grandes empresas. Em meio aos estudos dos indicadores das empresas e suas ações de responsabilidade, percebeu-se que muitas delas apenas atuavam em direção à sustentabilidade quando seus consumidores passavam a valorizar e cobrar tais pautas. Assim, lançaram então a que viria a ser primeira ação da Akatu, uma cartilha de consumo consciente chamada “Sou + Nós”, abordando a relação entre consumo e água, energia e resíduos. 

Desde então, a informação e educação tem sido o carro chefe para os conteúdos ao longo das últimas duas décadas. Outro primeiro passo foi o Teste do Consumidor Consciente, um questionário interativo que identifica o perfil do consumidor brasileiro. Não só digitalmente, o teste também foi aplicado às comunidades, servindo de base para ações reais. Faça o seu teste aqui

Do material colhido nesses testes, nasceu então a necessidade em elaborar uma pedagogia para processar tais informações e transformar em conhecimento. Foi quando além das pesquisas, a Akatu tomou corpo como uma instituição de comunicação social, fazendo ponte entre instituições, projetos ambientais, escolas e veículos de mídia. 

Plataforma Edukatu

O Projeto Edukatu foi um resultado natural desse processo, sendo a primeira rede de aprendizagem sobre “os conceitos e práticas do consumo consciente e da sustentabilidade para alunos e professores do Ensino Fundamental de todo o Brasil”.

A plataforma Edukatu reúne materiais pedagógicos como vídeos, atividades, jogos e planos de aula desenvolvido ao longo dos anos de pesquisas e experimentos, e são distribuidos de forma gratuita para escolas, professores e estudantes. No total, somam-se mais de 300 mil pessoas impactadas pelo projeto, em um total de mais de 4 mil escolas cadastradas e por meio de 9 mil professores. 

Mas por que empenhar tanto esforço na produção de conteúdo? A Akatu compreendeu ainda no início dos anos 2000 a necessidade de repensar as nossas ações enquanto indivíduos e consumidores, e que essa transformação aconteceria mais facilmente por meio da coletividade e educação. As parcerias com escolas, instituições sociais e empresas foi o caminho necessário para fomentar os materiais da Edukatu, os folhetos informativos, campanhas online, em mídias tradicionais e ações presenciais. Conheça a linha do tempo da Akatu aqui.  

O projeto cresceu ainda mais em 2017 quando passou a abraçar e premiar escolas que passassem a abordar a sustentabilidade, por meio do “Desafio 2030 – Escolas transformando nosso mundo”. Escolas públicas e particulares de São Paulo e região podem se inscrever em cinco categorias distintas: Educação Infantil, Ensino Fundamental 1, Ensino Fundamental 2, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos. A iniciativa premia, em meio à Virada Sustentável, os projetos educacionais dessa instituições que levassem a Agenda 2030 da ONU para dentro da sala de aula. 

“Consumo consciente não significa deixar de consumir, mas consumir melhor e diferente, sem excessos, para que haja o suficiente, para todos, para sempre. Esta é uma maneira de definir sustentabilidade, com atenção especial para o modelo de consumo. Só haverá o suficiente para todos e para sempre se cada um consumir somente o suficiente para o seu bem estar e não mais do que o suficiente. Aliás, como disse Gandhi, ‘A Terra provê o suficiente para as necessidades de todos os homens, mas não para a voracidade de todos’.”

Para conhecer os materiais desenvolvidos pela Akatu, não deixe de acompanhar o projeto em suas redes sociais: Instagram, Youtube e Facebook, onde já acumula mais de 150 mil seguidores. 

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux