Alimentos que estimulam o raciocínio e a memória

memória

O nosso cérebro é uma parte crucial para o funcionamento do nosso corpo. Podemos dizer que ele atua como um centro de comandos biológico: ele é responsável por manter o coração batendo, os pulmões respirando e permitindo que cada indivíduo se mova, sinta e pense. É justamente por isso que é uma boa ideia mantê-lo em perfeitas condições de trabalho. E os alimentos que ingerimos desempenham um importante papel em manter o cérebro saudável, melhorando, inclusive, tarefas mentais específicas, como a memória, o raciocínio e a concentração.

Alimentos para “turbinar” a memória e o raciocínio

Abacate

É uma fruta rica em gorduras monoinsaturadas, que fazem bem ao sistema cardiovascular e combatem problemas como colesterol alto. O abacate também é uma fonte de Selênio, mineral que tem um forte impacto sobre o cérebro. Pessoas com baixos níveis de selênio podem sofrer distúrbios na atividade dos neurotransmissores – substâncias produzidas pelo neurônio que tem como função levar informações de uma célula a outra -, podendo até sofrer alterações de humor. O selênio encontrado no abacate, bem como nas castanhas-do-pará, nozes e avelãs pode ajudar substâncias como a serotonina, a dopamina e a acetilcolina, que são fundamentais para a transmissão de mensagens entre os neurônios, garantindo um bom funcionamento do raciocínio.

Laranja

Você pode obter toda a vitamina C que você precisa em um dia comendo uma laranja média. Fazer isso é importante para a saúde do cérebro, já que a vitamina C é um fator chave na prevenção do declínio mental, por isso, comer quantidades suficientes de alimentos ricos em vitamina C pode proteger contra o declínio mental relacionado à idade e a doença de Alzheimer. Além disso, a ­­­vitamina C é um poderoso antioxidante que ajuda a combater os radicais livres que podem danificar as células cerebrais (e a nossa memória). Outras excelentes fontes de vitamina C são a goiaba, o kiwi, tomate e morango.

Sementes de Abóbora

As sementes de abóbora contém poderosos antioxidantes que protegem o corpo e o cérebro dos danos provocados pelos radicais livres. Elas também são uma excelente fonte de magnésio, ferro, zinco e cobre. Cada um desses nutrientes é importante para a saúde do cérebro. A deficiência do zinco, por exemplo, é associada a algumas condições neurológicas, incluindo a doença de Alzheimer, depressão e doença de Parkinson. Já o magnésio auxilia muito a aprendizagem e a memória, e sua deficiência está ligada a doenças neurológicas, incluindo enxaquecas, depressão e epilepsia. O cobre controla os nossos sinais nervosos, e o ferro, por sua vez, se estiver em falta no nosso organismo pode influenciar negativamente a nossa função cerebral. Como as sementes de abóbora são altas nesses micronutrientes, você pode colher diversos benefícios na sua ingestão!

Outros alimentos ricos nesses micronutrientes são as leguminosas, o leite, café, chás, peixes e carnes vermelhas.

Brócolis

O brócolis é conta com compostos vegetais poderosos, incluindo antioxidantes, além de ser rico em vitamina K. Essa vitamina solúvel em gordura é essencial para a formação de esfingolipídios, um tipo de gordura que é densamente compactada nas células do cérebro, o que torna este alimento um potencializador da memória. Além da vitamina K, o brócolis contém vários compostos que lhe conferem efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes, que podem ajudar a proteger o cérebro contra danos.

 

 

Quando comemos bem, estamos fortalecendo nosso corpo e colaborando com a prevenção de uma série de doenças e condições. Por isso, avalie como estão os seus hábitos alimentares, não pule refeições e inclua estes alimentos na sua dieta. Você só terá o que agradecer! 😉

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux