Amar o Mar

Salve, Glorioses! Em setembro falaremos dos Objetivos 13 (“Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos”) e 14 (“Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável”) da Agenda 2030. Responsáveis pela maior parte do oxigênio que respiramos, os oceanos e mares são preponderantes para a vida na terra, como a conhecemos hoje.

Por isso, hoje compartilho com vocês duas iniciativas que Vem crescendo como verdadeiras ‘tsunamis’,  no sentido de recuperar áreas degradadas e manter limpa a costa brasileira, unindo estudantes a pesquisadores e voluntários em mutirões de limpeza e ações de educação ambiental. 

O Instituto EcoFaxina  nasceu em 2008 na cidade de Santos, criado por William Schepis, e desde então tem uma atuação crescente nas ações de recuperação do ecossistema da região, mantendo o foco nos mangues, típicos no estuário de Santos e São Vicente. No decorrer de dez anos, já realizaram mais de 100 mutirões, retirando 50 toneladas de lixo da natureza! 

Eles chegaram à 108ª Ação Voluntária EcoFaxina no último dia 18 na Praia do José Menino. A ação definitiva foi  conseguirem a aprovação do Projeto de Lei “Programa Ecobarreiras”, que institucionaliza as ecobarreiras evitando o despejo do lixo plástico no oceano. Quando contamos a história de Diego Saldanha aqui no blog (relembre), falamos das ecobarreiras. 

A Rede Ecocidadã  surgiu em 2018 no Rio de Janeiro, nascida da certeza de que juntxs, somos mais fortes. Assim, a bemglô se  juntou a vários projetos que já atuavam na cidade, em ações independentes. A Rede Ecocidadã é a união desses projetos, que se fortalecem mutuamente. 

Suas ações de arte-educação com o artivista Pedro Cunha, acontecem em diferentes cenários da Cidade Maravilhosa, com trilhas ecológicas, do projeto Mais Trilhas; surf consciente, do projeto Stone House;  gestão dos resíduos coletados nos mutirões de limpeza com o apoio do projeto Germinar e o StandUPet, que promove educação ambiental produzindo pranchas de Stand Up, a partir do upcycling de garrafas PET, que também já contamos aqui! (relembre). Em se tratando de rio de janeiro, o carnaval não poderia passar em branco e o Vagalume Verde, o primeiro e maior bloco de carnaval focado na conscientização ambiental através da arte, veio para ficar. 

As duas ações nos inspiram de muitas formas. Todos esses projetos e pessoas seguem realizando ações sustentáveis em suas cidades. Seja você paulista ou carioca, já sabe onde encontrar um monte de pessoas interessadas em ser a diferença que elas querem ver no mundo, comprometidas com o voluntariado e o resgate ambiental.  

O nosso desejo é alcançar cada vez mais pessoas EcoCidadãs pelo Brasil inteiro. O que você está esperando para fazer parte dessas Redes do Bem? Seja um voluntário do Instituto EcoFaxina clicando aqui e confira a agenda ambiental da Rede EcoCidadã no site oficial

 

 

 

 

 

 

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux