Carnaval inclusivo pelas ruas do país

Carnaval inclusivo

O verdadeiro espírito do carnaval é a cultura popular do Brasil e a celebração da diversidade. Tradicionalmente é a festa para todos, sem exceções. Visando promover de fato essa integração social, diversas manifestações e projetos ganharão forma durante esse carnaval. Diversos blocos inclusivos desfilarão pelas ruas do país nas próximas semanas, além de haverem programas criados para promover um carnaval inclusivo em diversos locais. Separamos alguns para você conhecer mais e espalhar essa ideia!

A Subsecretaria da Pessoa com deficiência no Rio de Janeiro, por exemplo, anunciou um projeto muito interessante de inclusão dos deficientes auditivos. Trata-se de sambas-enredo interpretados em libras, visando incluir os deficientes auditivos na folia do carnaval. Ao todo, serão 13 sambas das escolas do Grupo Especial, publicados diariamente nas plataformas digitais do secretariado. O ultimo vídeo desse projeto irá ao ar no dia 9 de fevereiro.

Já foram lançados os sambas-enredos da Acadêmicos do grande Rio, Acadêmicos do Salgueiro e da Unidos da Tijuca. O projeto vem sendo muito bem recebido pelo público, pois se trata de uma excelente maneira de propagar um carnaval inclusivo, criando uma bela oportunidade para as pessoas com deficiência auditiva sentirem a emoção das músicas e contemplarem a beleza de suas letras.

Blocos que promovem um carnaval inclusivo

Seguindo a onda da inclusão e da criatividade, alguns blocos no Rio de Janeiro buscam propagar um carnaval inclusivo em 2018. O bloco “Senta que eu Empurro”, fundado em 2008 por pessoas com deficiência, desfila toda sexta-feira de carnaval no Catete, às 19h. Eles procuram trazer visibilidade, integrar e socializar de forma descontraída, promovendo sempre a alegria e a autoestima.

No bairro do Engenho de Dentro, há o bloco “Loucura Suburbana”, como parte integrante do processo de desconstrução do modelo asilar do Instituto Municipal Nise da Silveira. Reunindo usuários, familiares e funcionários da casa de saúde mental, além de amigos e moradores da região, o desfile acontece toda quinta-feira antes do carnaval, às 17h, acompanhado da bateria A Insandecida.

Projeto Praia Acessível

O projeto Praia Acessível realizou no último dia 1° sua primeira edição em 2018 em Maceió. O projeto foi possível graças a uma parceria entre a Prefeitura de Maceió e o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD).

Trata-se de uma ação voltada para o desporto adaptado, onde busca atender as necessidades de pessoas especiais de diferentes instituições sociais, levando descontração e lazer aos seus participantes.

Através dos diversos projetos e manifestações voltados a inclusão, o carnaval de 2018 se mostra de fato para todos, deixando claro que, com boa vontade e amor ao próximo, é possível criar um ambiente de descontração e festa acessível a qualquer um.

 

Colar Pulseira Fios Duas Franjas - Rede Asta

Colar Pulseira Fios Duas Franjas – Rede Asta

Comprar

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux