Arquivos de Categoria: Arte & Cultura

Dia do Orgulho Gay é todo dia

Em junho de 1969, em Nova York, um acontecimento desencadeou o movimento pelos direitos dos homossexuais. Há 51 anos, um grupo de gays, lésbicas e trans estava reunido no bar Stonewall Inn quando foram surpreendidos por uma batida policial para prender clientes por “conduta imoral”. A repressão policial na época era comum em ambientes frequentados pela comunidade – hoje conhecida como – LGBTQIA+. Bares como o Stonewall passavam por vistorias da polícia frequentemente, mas no dia 28 daquele...

20 em 2020: Os vinte artistas latino-americanos da nova década

De tempos em tempos surgem livros que procuram, de alguma maneira, apontar quem são os jovens (e nem tão jovens) artistas importantes que estão fazendo a diferença ou que vão ser os grandes nomes para se prestar atenção na década na qual vivem e produzem. Foi assim com o livro “Cream”, de 1998; “Blink.”, de 2002 (focado apenas em fotografia);  “Art:21 - Art in the Twenty-First Century” e “Installation Art in the New Millennium”, ambos de 2003. Alguns desses livros têm curadores...

Literatura Indígena Brasileira: resistência e reexistência

Você sabia que o Brasil é um dos países com mais escritores indígenas? E que um deles já vendeu mais de 5 milhões de exemplares de suas obras? Acredito que muita gente não saiba, quiçá pelo pouco espaço que essas autoras e autores encontram no mercado editorial. Há mais de 30 anos, com a Constituição de 1988, teve início às discussões para a criação de políticas públicas para a alfabetização dos povos indígenas, mas foi só duas décadas depois, em...

Beguinas: ontem e hoje

Empreendedorismo e empoderamento feminino são duas palavras que chegaram para ficar de vez no vocabulário social e econômico contemporâneo, não só no Brasil, mas no mundo. Mas essas duas palavras ecoam no mundo desde muito antes. Ao longo da história, por exemplo, sempre houveram mulheres ou movimentos femininos que surgiram para enfrentar o poder masculino, principalmente na igreja. Vale a pena lembrar que a ideia da inferioridade feminina remonta aos tempos bíblicos, e foi muito influenciada...

Beatriz Milhazes – as formas das cores

Ela é uma das mais renomadas e valorizadas artistas brasileiras. Em 2012, uma pintura sua realizada doze anos antes, “Meu Limão”, foi leiloada pela Sotheby’s por mais de dois milhões de dólares [o equivalente a mais de dez milhões de Reais], tornando-a a artista brasileira viva com a obra mais cara vendida em leilão. Anos antes, sua tela “O mágico” foi a primeira a quebrar o recorde de obra brasileira contemporânea mais bem paga em leilões estrangeiros. Até então o recorde era da...

Vozes Vegetais

O novo ano começa com uma ótima novidade no mercado editorial brasileiro, que veio para oxigenar este janeiro que está literalmente sufocante com o avanço da segunda onda da pandemia. Para compreender ainda mais a importância dessa década que se inicia - e na qual uma nova relação com o meio ambiente, com as florestas e as plantas se faz necessária - um excelente início é a leitura do livro “Vozes Vegetais”, da Ubu Editora. “Ouvir as vozes vegetais é o primeiro passo para vegetar com elas....

A Grande Mutação

Hoje, dia 21 de dezembro, não é um dia qualquer. Além de ser o dia mais longo do ano, o solstício de verão, é o dia que também acontece a conjunção de dois titãs, Júpiter e Saturno, dois planetas cujo último encontro aconteceu há 20 anos no signo de Touro, do elemento terra. O que torna astrologicamente esse dia tão importante é que ambos os planetas agora se encontram em Aquário, signo do elemento ar, e isso não ocorria há 200 anos. É o que os astrólogos chamam de Grande Conjunção, e mais ainda por estarem...

A retomada da Cultura na Pandemia

Paulatinamente as cidades retomam as atividades presenciais com todos os protocolos sanitários necessários para que todas e todos possa usufruir da cultura após mais de seis meses de confinamento e distanciamento social devido à pandemia. Apesar dos números da pandemia de covid-19 no Brasil indicarem a estabilização dos casos e das mortes ainda estarem em patamares altos, o processo de reabertura econômica e flexibilização do isolamento social segue em todo o país com a liberação de eventos e...

A poesia como resistência

Louise Glück. Nobel de Literatura em 2020 Essa semana o comitê do prêmio mais importante da literatura no mundo escolheu a poeta norte-americana Louise Glück, de 77 anos, para o Nobel de Literatura. Há de se comemorar que além de ter sido uma mulher, foi uma poeta. É a primeira mulher poeta a ganhar o Nobel desde a polonesa Wislawa Szymborska, em 1996, há quase 25 anos. O Prêmio Nobel de Literatura foi concedido a apenas 16 mulheres entre uma centena de homens desde sua criação, em 1901. Antes de...

A vida é útil ou não?

O título já traz uma provocação. “A vida não é útil”, livro recém lançado pela editora Companhia das Letras, cabe quase na palma da mão e é daqueles que você lê de uma sentada e fica com vontade de ler tudo que seu autor escreveu. Além do fato de fazer com que ao término de sua leitura a gente se sinta feliz por saber que existe um ser humano vivo e atuante como o mineiro Ailton Krenak, um dos mais influentes pensadores da atualidade. “A vida não é útil” reúne cinco textos...

Cacique é mulher: novas faces da luta indígena

Existem datas, efemérides que por mais que possam ser clichês são essenciais dependendo do aqui e do agora, do tempo no qual [sobre]vivemos. Uma delas é comemorada hoje, dia 9 de agosto. O Dia Internacional dos Povos Indígenas. A data comemorativa foi criada há 25 anos pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o intuito de garantir condições de existência minimamente dignas aos povos indígenas de todo o planeta, principalmente no que se refere aos seus direitos, ao respeito às suas condições de...

O Abraço da Serpente – Para se curar é preciso sonhar

O filme “O Abraço da Serpente” (2015), do diretor colombiano Ciro Guerra, conquistou diversos prêmios nos festivais nos quais foi exibido, dentre eles os prestigiados Cannes e Sundance, sendo que no primeiro saiu com o prêmio da Quinzena dos Realizadores, vitrine para o cinema autoral. Também teve excelente repercussão em várias cidades onde foi apresentado, e o sucesso foi tanto que na época ficou entre os cinco concorrentes ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. O longa-metragem é...

Pro Dia Nascer Feliz – 30 anos sem Cazuza

Eu tinha 20 anos quando ouvi e vi o Cazuza ao vivo pela 1a vez – e única - na vida. Foi na minha cidade natal, Maceió, em pleno verão, no dia 21 de janeiro de 1989, na praia da Pajuçara, e o show era o Ideologia. A estimativa da época é que haviam oito mil pessoas na ocasião, que fazia parte do evento “Esquenta Verão”, festival que trouxe à cidade atrações como Paralamas, Titãs, RPM, Biquini Cavadão, Kid Abelha, Lulu Santos, Lobão, entre outros. Naquele momento eu não tinha...

Antifascismo e Antirracismo – Antídotos para o século 21

Recentemente, o adolescente negro João Pedro Mattos Pinto foi assassinado atingido por um tiro de fuzil pelas costas na casa de seus tios, em uma operação das polícias Civil e Federal no Complexo Salgueiro, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Pouco tempo depois, nos EUA, acontece o assassinato de George Floyd por policiais americanos na cidade de Minneapolis, o gatilho que faltava para incendiar literalmente os ânimos no hemisfério norte. Surge, então, a campanha “Blackout Tuesday” como demonstração de solidariedade aos...

Admirável Mundo Velho

O Homo Sapiens X Homo Vulnerabilis É na ficção científica que a arte e a ciência se encontram para gerar um dos mais cultuados e férteis gêneros da literatura. Em 2020, dois dos autores de duas obras fundamentais da ficção científica comemoram 100 anos de nascimento: Ray Bradbury, autor de “As Crônicas Marcianas”; e Isaac Asimov, responsável pelo clássico “Eu, Robô”. Um duplo centenário justamente no ano em...

Apocalipse ou Revelação? O humano e o pós-humano

Parafraseando a Bernadete, ou melhor, a Baby que era Consuelo, mas agora é do Brasil, todo dia é dia do índio. Estamos no mês que se comemora o “dia do índio”, mas não há nada para comemorar. Se a pandemia coloca em risco milhões de vidas em todo o mundo, imagine as vidas dos povos indígenas espalhados pelo planeta. Casos foram identificados no Xingu (PA) e também em Santa Cruz Cabrália, no sul da Bahia, em um índio Pataxó residente da aldeia Coroa Vermelha, a maior das oito aldeias dos...

A hora de [des]atar. Entre nós, os nós.

Não há como esquecer a cena recente do Papa Francisco dando a bênção Urbi et Orbi ao vivo da Praça São Pedro, no Vaticano. Ele rezou sozinho pelo mundo em meio à praça deserta. Uma imagem impactante, histórica, nunca vista antes pela humanidade. E altamente simbólica. Estar sozinho, mas estar conectado pela fé, pela energia em bilhões de pessoas. É como dizem, todos juntos e separados. Mas, entre nós e os nós desse que é um dos períodos mais turbulentos da história da...

Uma coroa sem majestade

É literalmente uma calamidade mundial. Tenho pouco mais de 50 anos e em meio século de vida nunca vi algo parecido. Faço parte do grupo de risco porque sou fumante e moro na cidade que é o epicentro no país da pandemia do Covid 19, o Corona vírus, que assola o mundo. Fui trabalhar na segunda e terça passadas. Por São Paulo pairava um silêncio barulhento, não só externo, mas – mais que tudo – interno. O paradoxal é que essa pandemia move esforços coletivos de médicos, enfermeiros,...

Heroínas e Pioneiras

As mulheres e seu protagonismo na história brasileira Nunca é demais [re]conhecer quem são as mulheres negras, heroínas e pioneiras que promoveram mudanças estruturais e fundamentais no país, muito embora durante séculos tenham sido pouco lembradas e muitas esquecidas pela história “oficial”. Afinal de contas, séculos antes da vereadora Marielle Franco ter sido assassinada por milicianos em pleno exercício do mandato, em uma clara evocação Aos anos de chumbo no Brasil, outras mulheres...

Marvel Moreno – O renascimento de uma Amazona

Ela é uma autora quase desconhecida que tem sido revelada recentemente e considerada uma das as principais escritoras da Colômbia, tendo alguns críticos colocando-a no mesmo nível do também colombiano e ganhador do Prêmio Nobel Gabriel Garcia Marquez, do cubano Alejo Carpentier e do argentino Jorge Luis Borges. Ela é Marvel Moreno, que faleceu há 25 anos praticamente na pobreza. Pioneira, em sua obra explora temas polêmicos como a violência de gênero, machismo, homofobia e prostituição, mesmo...
Selecione sua moeda
EUREuro
Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?