Com tantos caminhos, que regras seguir?

regras

Muito se fala sobre o que é certo ou errado na alimentação. O fato é que não podemos generalizar as regras e indicar a todos a melhor forma de se alimentar, já que somos quase iguais. Quase.

Entendendo melhor algumas regras

O Jejum Matinal – É Bom?

Pode ser. Passar as manhãs só com água pode fazer parte de uma rotina alimentar equilibrada, individualizada. O jejum matinal pode ser útil para reduzir a glicose, a insulina e a gordura no fígado. Pode ser facilitador no emagrecimento.

Tem pessoas que acordam sem a menor vontade de se alimentar. Sendo assim, para que forçar? Não devemos forçar a comer sem vontade. Se o corpo está dizendo não, devemos respeitá-lo. Pode ser que ainda seja sua hora silêncio e depuração. Estes são candidatos ao jejum matinal.

No entanto para muitas pessoas, não comer nada de manhã pode ser uma tortura com direito a hipoglicemia, baixa pressão arterial e quem sabe, um pequeno desmaio. Para estes o melhor é tomar um café da manhã, nem que seja frugal.

Só Frutas pela Manhã – Faz Bem?

Beber água e só comer frutas pela manhã também pode fazer parte das regras de uma rotina alimentar saudável e equilibrada. Frutas hidratam, são ricas em vitaminas e minerais e nos fornecem energia. São depurativas, diuréticas, antioxidantes, geralmente amaciantes do bolo fecal e levemente laxativas. São essenciais para nutrir o viço e umidade da pele.

Para muitos a vontade de comer só ocorre umas duas horas após acordar. Isto acontece principalmente aos que levantam em cima da hora e têm que sair correndo. Na missão de evitar várias possibilidades de imprevistos contra o relógio, em algumas pessoas o estômago revolta e reclama.

O estômago reclama através de enjoos, azia ou aversão aos alimentos. Quando esta grita, a gente pensa em gastrite.  Quando sentimos como punhalada na boca do estômago, talvez estejamos abrindo uma úlcera. Temos que perceber e interpretar os sinais do estômago. São subjetivos, mas é na subjetividade que podemos prevenir muitos males.

Café da Manhã de Rei – É indicado?

O Relógio Biológico na medicina chinesa indica que o horário do estômago é entre sete e nove horas da manhã. Energeticamente, as refeições seriam melhor processadas e assimiladas neste período. Mas o tempo mudou e o relógio biológico publicado há dois mil anos encontra-se confuso com tantas novas regras. Naquele tempo a população dormia antes das nove da noite e acordava com o despertar do sol. Hoje, com pessoas trabalhando em tantos fusos e funções, cada um está buscando encontrar seu ritmo biológico, na maioria das vezes em descompasso com o macrocosmo. A luz elétrica, de cem anos para cá, mudou a rotina da humanidade e horários das refeições, contudo, apesar de nossa modernidade, a melhor parte do dia para ter uma boa refeição continua sendo a manhã, até às onze horas.

“Café da manhã de rei, almoço de pobre e jantar de mendigo” é um ditado milenar de orientação alimentar. Mas é viável contrariar um pouco estas regras e fazer do almoço a refeição principal. Quanto aos jantares, após as oito da noite, sobretudo os mais fartos, são mais lentos e difíceis de serem digeridos. Pesam mais no estômago.

“Jantar de rei” de forma rotineira acaba gerando uma “barriga de rei” como as que podemos observar em quadros antigos, em um tempo em que vivíamos no máximo sessenta anos.

Quantas refeições devo fazer ao dia?

Seis refeições ao dia (desjejum, merenda, almoço, lanche, jantar e ceia), são bem indicadas, mas não necessárias. Comer de três em três horas teoricamente auxilia manter um metabolismo ativo, sem picos de fome na hora do almoço e jantar. Mas também podemos equilibrar uma dieta com duas, três ou quatro refeições ao dia. Depende do biorritmo e adaptação aos compromissos de cada um.

Na prática observo que muitas pessoas, quando entram em uma dieta para emagrecer, sentem vontade de comer carboidratos por volta das cinco da tarde. Para estas pessoas um lanchezinho é indicado neste horário para que a sensação de fome não desperte uma compulsão, quando a noite chegar.

Carboidrato à noite – Engorda?

Não. O que engorda é o seu excesso todas as noites. Em uma dieta de emagrecimento ou de equilíbrio alimentar, o carboidrato pode estar presente. Carboidratos são facilmente digeridos e auxiliam no relaxamento e no sono tranquilo. Pode ter uma massa ou um prato em que entre um tipo de batata, por exemplo. O problema só estaria nos excessos, se assim houverem. Nada muito deve ser uma das regras para tudo. E caso a noite não gaste estas calorias, não precisa se preocupar, elas serão armazenadas sob a forma de triglicerídeos e glicogênio, que no dia seguinte poderão ser consumidas. Caso se exercite pela manhã, seu treino será ainda mais produtivo.

Uma pessoa diverge de outra em suas necessidades calórico-nutricionais, horários, ambientes de refeição e ritmicidade biológica.

Adaptando as refeições ao nosso ciclo biológico e social, aderimos mais facilmente a uma alimentação saudável, e assim cuidamos melhor da nossa matéria, de nossa vivacidade e de nosso futuro.

 

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux