Como estimular a criatividade nas crianças

estimular a criatividade

Crianças são naturalmente criativas, mas como estimulá-las para desenvolverem ainda mais essa habilidade tão importante no século XXI? A educação precisa, desde cedo, instigar a capacidade de criação dos pequenos. Até porque à medida em que eles forem crescendo, é muito provável que o mundo seja completamente diferente do que nós vivenciamos, e por consequência, irão precisar encontrar respostas que nós não fomos capazes de dar. Por isso é importante que desde cedo pais e tutores aprendam diferentes maneiras de estimular a criatividade nas crianças.

Uma das soluções mais divertidas para estimular a criatividade é através de atividades, ou seja, transformar a brincadeira em aprendizado. Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que imagina e saber pensar de forma inovadora e sem limites é uma excelente ferramenta para a vida.

Proponha atividades desafiadoras

Sugira atividades com metas e objetivos que os pequenos sejam capazes de conquistar, mas que, ao mesmo tempo, exijam deles um esforço suficiente, pois assim eles terão um enorme prazer ao terminá-las. Considere sua idade, seus gostos, suas capacidades. Propor o que sabe que a criança não vai cumprir apenas gerará estresse e frustração. Por exemplo, a tarde de sábado pode estar reservada para pintarem um mural na parede do jardim ou então para fazerem artes decorativas ou até uma sessão de cozinha infantil. Varie muito, para que possa perceber quais as atividades criativas são mais apreciadas e, quem sabe, descobrir algum talento escondido. Também vale a pena fazer uma lista de possíveis passatempos para os dias chuvosos!

Estimular a criatividade com ideias e materiais diversos

Facilite ideias e materiais para estimular a criatividade. Atividades artísticas e manuais podem ser muito úteis para que as crianças possam colocar em prática sua criatividade. Por exemplo, junto com seu filho(a), transforme uma caixa de papelão em um avião, ou uma caixa de papelão em uma casinha de bonecas. Existem vários tutoriais na internet de atividades interessantes para você se divertir com os pequenos! Se puder, crie um “cantinho artístico” em casa – recheado com papel, cadernos, tintas, marcadores, lápis de cera, tecidos, plasticina, revistas velhas, cola, etc. – onde as crianças possam expressar a sua criatividade de forma espontânea.

O poder do faz de conta

A partir da brincadeira de ser outras coisas e criar histórias, a criança desenvolve alguns aspectos fundamentais para o seu amadurecimento e essenciais para a sua construção como indivíduo. Principalmente pelo aspecto cognitivo e emocional, o brincar de faz-de-conta é essencial para o desenvolvimento sadio. Uma boa dica para te ajudar a estimular a criatividade e entrar no clima com os pequenos é começar criando cenários com situações que você tenha vivenciado e que gosta, como cozinhar, e estimular a criança a construir  a história com o processo completo: escolher a receita, quem vem comer, ir ao mercado, guardar as compras, fazer os passos da receita, servir, conversar sobre como ficou a comida e o que aconteceria depois de comer. Você também pode fazer perguntas como “o que será que aconteceria se…” para estimular a imaginação. O importante é encorajar os miúdos a terem mentes abertas e a experimentarem um pouco de tudo.

Despertando o artista interior

A dica aqui é deixá-la desenhar de diferentes jeitos. Você pode dar uma folha de papel A4, tintas, canetas, giz de cera, e até existe a opção de desenhar no azulejo do banheiro enquanto o pequeno estiver tomando banho por meio de canetas especiais que apagam com água. Desenhar também é uma ótima atividade para ajudar a criança a se concentrar. E não se esqueça: as obras-primas das crianças devem ser exibidas para toda a família poder contemplar, sendo esta uma forma de não só aplaudir a criatividade da criança, como incentivá-la a continuar!

 

Além disso tudo, não devemos nos esquecer que também devemos encontrar maneiras de estimular a criatividade das crianças fora de casa. Faça questão de expor as crianças ao mundo da arte e da cultura: desde lições de música ou de dança, passando por visitas frequentes a museus, galerias de arte e até concertos e peças de teatro. Sempre haverá alguma coisa que eles poderão retirar destas experiências, permitindo ainda o desenvolvimento de um gosto que os possa acompanhar durante o resto da vida!

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux