Moda histórica: coroas e guirlandas de flores

guirlandas de flores

As coroas e guirlandas de flores eram muito importantes na Grécia e Roma antiga. Isto porque elas eram uma maneira de homenagear deuses e heróis, ou então para criar determinada atmosfera, especialmente em festividades e celebrações. Por isso, naquela época, era comum contratar serviços de floristas especializados para as manufaturarem. Cheias de significado, elas também eram consideradas no mundo ocidental como um símbolo da vida boêmia no campo, além de também serem usadas pela icônica Rainha Victoria em seu casamento para garantir bons presságios.

Mais tarde, no século XX, foi Frida Khalo quem assumiu a coroa de flores colorida e volumosa como símbolo de estilo, numa imagem que hoje representa a força e poder femininos. E com o passar do tempo, as coroas e guirlandas de flores foram marcando presença nos looks de diversas mulheres poderosas e icônicas, como Jean Shrimpton, Kate Moss e também Beyoncé.

Coroas e guirlandas de flores através da história

Egito antigo

Para os Egípcios, as coroas e guirlandas de flores eram associadas ao campo. A flor de lótus, cujo simbolismo é o nascer para o divino, crescimento espiritual e pureza, associa-se à deusa Ísis e também ao deus Sol Ra. Esta flor sagrada era pintada em túmulos, levada em procissões religiosas e usada sobre o peito ou cabeça como tributo. Já as malvas, papoulas e açafrões eram usados em guirlandas mortuárias, penduradas nas múmias como preparação para próxima vida.

Era vitoriana

Na era vitoriana, foi usada pela Rainha Victoria em próprio casamento. Ela usou galhos de flores de cerejeira, árvore tipicamente chinesa, quando se casou com o Príncipe Albert, em 1840. Esse tipo de coroa de flores era usado na China antiga, inclusive. Isto porque as flores de cerejeira eram associadas à pureza, castidade, inocência e fertilidade, pois curiosamente é uma planta, dentre poucas, que produz seus frutos e flores ao mesmo tempo.

Movimento Hippie

Saltando para os anos de 1960/70, as coroas de flores foram muito usadas ​​ para simbolizar paz e amor – os principais ideais do movimento hippie – e estavam presentes nas cabeças de artistas, nos editoriais das revistas de moda e, inevitavelmente, nos casamentos. Ícones como a ex-modelo Jean Shrimpton, a atriz e cantora Jane Birkin e a modelo Kate Moss são algumas das referências que marcaram o uso do acessório em editoriais de moda e desfiles ao longo das décadas, começando a tendência que tem sido revisitada até os dias de hoje.

Tempos modernos

Já no séc. XXI o acessório voltou a ser tendência no mundo da música, tendo surgido em inúmeras variações em vídeos de cantoras como Lana del Rey, Beyoncé e Lorde. Muitas outras também aderiram ao visual, reavivando o estilo em festivais como Coachella e Glastonbury. As coroas e as guirlandas de flores também têm aparecido reinterpretadas de inúmeras formas no mundo da moda, tanto em editoriais de revistas de renome quanto nas passarelas por designers como Dolce & Gabbana e Naeem Khan.

 

Atualmente, as coroas e guirlandas de flores são onipresentes em nossa realidade. O universo da a moda faz uso destes maravilhosos acessórios, fazendo releituras em estilo, porém mantendo suas raízes em significados. E existem diversas possibilidades para você se inspirar e utilizar as coroas e guirlandas de flores de acordo com o seu estilo! Brinque com suas formas, cores, aromas, significados e materiais. Você vai amar compor os seus próprios looks com esse acessório lindo!

 

BOLSA VICE VERSA PATCHWORK - REDE ASTA

BOLSA VICE VERSA PATCHWORK – REDE ASTA

Comprar

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux