Cuidados básicos para evitar o Coronavírus

Em tempos de pandemia, o que combate o desespero é a informação. Por isso, reunimos aqui algumas dicas e orientações para manter a sua saúde em dia e diminuir o risco tanto de se contagiar como contaminar outras pessoas com o coronavírus.

Mas o que é? Segundo o Ministério da Saúde, os coronavírus (CoV) são “uma grande família viral, conhecidos desde meados dos anos 1960”, que causam desde doenças respiratórias leves a moderada, semelhantes a um resfriado comum, até infecções respiratórias.

Os sintomas

• Febre
• Cansaço
• Calafrios
• Tosse seca
• Dificuldade para respirar

Alguns casos podem apresentar dores no corpo e diarréia.

Ao apresentar algum dos sintomas, evite ambientes públicos. Em caso de febre, tosse seca ou dificuldade para respirar, procure o médico.

Boas Práticas

• Lave suas mãos por 20 segundos, entre os dedos e abaixo das unhas

• Higienize as mãos com alcool em gel quando estiver em ambiente público

• Ferva bem os alimentos, principalmente carne e ovos

• Evite aglomerações

• Evite encostar em corrimãos e tocar na boca ou olhos

• Ao tossir, cubra o rosto

• Se alguém estiver tossindo ou espirrando, mantenha distância de 2 metros

• Use máscara apenas se você apresentar os sintomas

• Seja consciente: não compre todo o estoque de alcool em gel para que outros também possam se proteger

Bom saber

• O grupo de risco são idosos e pessoas com imunidade baixa ou doenças respiratórias, mas ninguém está imune. Todos podemos nos contagiar como espalhar o vírus!

• Animais não contraem nem espalham o vírus!

• O vírus permanece nas superfícies por até 24h. Mantenha uma rotina de limpeza

• Monitore a sua saúde e siga as recomendações da Organização Mundial da Saúde

• Uma situação de pandemia pede responsabilidade e informação. Não espalhe fake news!

• O Ministério da Saúde tem um canal no Whatsapp para confirmar verificar informações sobre saúde pública. Basta adicionar (61) 99289-4640

Fortalecer a imunidade

Bela Gil compartilhou algumas dicas de alimentação que vale reunirmos também aqui!

Alimentos a evitar:
Açúcar refinado – Deprime células de defesa e rouba vitaminas e minerais do corpo

Leticínio pasteurizado e não fermentado – Dificulta a digestão e enfraquece a resposta imune do corpo

Produtos ultraprocessados que são fabricados com óleos pro-inflamatórios, conservantes e corantes que afetam a flora intestinal

Alimentos antivirais:
Inhame, óleo de coco, alho, gengibre, manjericão, cúrcuma, mel cru.

Não esqueça: beber água ou chá em pequena quantidade, mas com bastante frequência ao longo do dia.

Cuide da sua saúde e dos demais!

Não existe comentário.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux