Dicas de fotografia para sua viagem

Foto Jangada

Foto Jangada

Comprar

Você se preparou para viajar em todos os sentidos. Arrumou as malas, providenciou o dinheiro e uma câmera para registrar todos os detalhes da melhor forma, mas você sabe por onde começar? Hoje reunimos algumas dicas incríveis de fotografia para você arrasar e depois deixar todos babando com o resultado!

Fotografando

Modos automáticos

O modo automático obviamente é o mais fácil e indicado para quem está sem tempo para aprender a mexer na câmera. Mas antes de configurar um modo específico, saiba do que se tratam os principais:

Retrato: Este modo mantém o fundo desfocado, pois aumenta a abertura da lente focando o objeto principal. Se quiser fotografar uma escultura, por exemplo, use este.

Esporte: O efeito é em alta velocidade e por isso é possível congelar imagens em movimento, como um jogador de futebol.

Paisagem: Para lugares grandes, como vistas do alto este é o modo indicado, mas este modo serve para paisagens ou um grupo enorme de amigos.

Noturno: A intenção é captar o máximo de luz possível em ambientes mal iluminados, mas a velocidade fica mais baixa e portanto é preciso um apoio melhor para a câmera. Use este modo para obter fotos de traços de luz, como de um carro.

Macro: Este modo serve para objetos pequenos. Aquele prato maravilhoso de suas refeições podem ganhar uma bela foto neste momento.

Enquadre corretamente

Procure brincar com os ângulos e não fique só no óbvio, mantendo tudo ao centro da foto. Uma boa técnica para não errar e ter imagens bem equilibradas é seguir a regra dos terços. É bem simples! Imagine um jogo da velha (muitas câmera já possuem este desenho no próprio visor), as interseções das linhas são pontos nobres da fotografia. Busque enquadrar os motivos mais importantes nestes pontos, assim como as principais linhas verticais e horizontais que marcam uma foto. Fotografar imaginando composições geométricas e linhas diagonais também é uma boa técnica para dar movimento à imagem, ou seja, fazer o olhar do expectador percorrer toda a foto.

Abusar de planos diferentes torna a imagem mais dinâmica. Ao invés de fotografar os seus companheiros de viagem um ao lado do outro, que tal dispor um em primeiro plano e outro ao fundo? Ao invés de todos juntos, experimente colocar cada um em uma parte da cena.

Mexa-se

O lugar de onde você tira a foto faz toda a diferença, sabia? Ao invés de se manter em pé fotografando tudo na mesma direção, experimente agachar, deitar ou subir em algum lugar. Os resultados podem ser mais incríveis do que você pensa.

Além disso, preocupe-se com a moldura da foto. Escolha árvores, escadas, portas, preste atenção no que está por trás da foto antes de fotografar.

Flash e luz natural

O flash, principalmente em uma câmera semi-profissional ou profissional não serve somente para momentos de escuridão. Ele serve também para suavizar sombras em fotos tiradas embaixo do sol, porém não esqueça que flashes têm uma distância máxima de alcance: aquele flash ligado durante um show ou espetáculo serve apenas para iluminar quem está na frente ocultando o palco. Para uma belo registro de silhueta, o truque é o contrário. Desligue o flash e busque um ponto contra a luz.

Aliás, desligar o flash é quase sempre uma boa opção. Fontes de luz natural são sempre mais interessantes. Atente o olhar para a entrada de luz por janelas, portas, teto, entre galhos e tantos outros pontos que permitem uma bela composição.

Paisagem

Se você acha as fotos de paisagem clichês e não se comparam com o que você viu ao vivo, experimente fotografar algo menor com a paisagem ao fundo. Um barco, uma pequena árvore, ou uma pessoa servem para mostrar que somos muito pequenos perto de tanta grandiosidade.

Comida

Use o modo macro, como dito anteriormente e do zoom para revelar os detalhes do prato. Desligue o flash e procure fontes alternativas de luz, de preferência laterais.

Repare nos desconhecidos

Muitas vezes aquele desconhecido que está passando na rua, sentado no banco da praça ou tomando um café, é um ótimo modelo para as fotos. Deixe a vergonha de lado e invista no retrato. Registrar os moradores é levar para casa a verdadeira faceta de uma cidade

Melhor luz

Não perca o melhor momento da luz. Muitas vezes aquela luz naquele horário não se repetirá nem tão cedo e você perderá a foto. O nascer do sol, o azul do meio dia, o entardecer e o cair da noite trazem fotos muito diferentes de um mesmo lugar.

Tratamento

Quando voltar, descarregue as fotos e edite-as. Selecione as melhores e dê a elas um tratamento especial. Corte-as, ajuste luz, cor e crie um álbum. 😉

Boa viagem e até a próxima!

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux