Nzambi Matee: toda vez que uma mulher dá um passo, o mundo sai do lugar

Não é novidade para ninguém que a cada dia o planeta está cada vez mais abarrotado de plástico. Segundo a WWF, 8 milhões de toneladas de plásticos entram no oceano todos os anos. Atualmente, 90% das aves marinhas possuem fragmentos de plásticos no estômago. Não muito distante, em 2050, teremos mais plásticos que peixes nos oceanos. A Beegreen afirma que no ano de 2015, mais de 381 milhões de toneladas de produtos plásticos foram produzidos em todo mundo,...

Por onde a gente começa? Mulheres negras e Bem Viver

É necessário um outro modo de ver e viver o mundo, ou, como a própria carta versa “um novo pacto civilizatório” que imprima uma “outra gramática política”. O que teria a ver uma marcha de mulheres negras e a proposta de Bem Viver? Muita coisa. Em sua carta final, a Marcha de Mulheres Negras, de 2015, começa evocando ancestrais, povos encantados e originários, povos tradicionais. E o que isso significa? Que é necessário um outro modo de...

Satish Kumar: Solo, alma e sociedade

Salve, Glorioses. Quando tinha nove anos de idade e vivia em Sri Dungargarh, na Índia, o ativista e palestrante indiano Satish Kumar, nascido em 1936, decidiu ser monge. Para qualquer família, ter um filho monge era um bom presságio e, assim, ele foi viver em um monastério janaísta. A palavra Jain deriva do termo sânscrito que designa os mestres oniscientes, os “vitoriosos”, assim conhecidos por terem vencido as paixões, chegando à libertação do ciclo de renascer. O cerne desta tradição religiosa é o ser humano e...

Beatriz Milhazes – as formas das cores

Ela é uma das mais renomadas e valorizadas artistas brasileiras. Em 2012, uma pintura sua realizada doze anos antes, “Meu Limão”, foi leiloada pela Sotheby’s por mais de dois milhões de dólares [o equivalente a mais de dez milhões de Reais], tornando-a a artista brasileira viva com a obra mais cara vendida em leilão. Anos antes, sua tela “O mágico” foi a primeira a quebrar o recorde de obra brasileira contemporânea mais bem paga em leilões estrangeiros. Até então o recorde era da...

Carnaval Consciente

Carnaval sempre foi uma época de folia para uns, e descanso para outros. Muitas festas, encontros, viagens e descobertas. Esse ano teremos um carnaval atípico - sem festas e sem feriado para muitos.  Com mais de duzentas e trinta mil mortes confirmadas pelo Covid-19, o carnaval de dois mil e vinte e um precisa ser repensado. Devemos colocar o bem estar de todos em primeiro lugar, cuidar da nossa saúde e a do próximo. As festas de final de ano tiveram um...

O legado verde de Wangari Maathai

Salve, glorioses. Vocês já ouviram falar de Wangari Maathai, a primeira mulher africana a receber o Prêmio Nobel da Paz? Hoje, a Quarta Gloriosa vai contar a trajetória heróica dessa mulher, da tribo de etnia Kikuyu, nascida em 1940, em meio às montanhas do Quênia e onde a biodiversidade pulsava por toda a terra. Sua casa ficava embaixo de uma figueira, aos pés de um riacho, e aprendeu com a mãe a nunca derrubar uma árvore. Wangari concluiu os estudos secundários em 1959 e no ano seguinte ganhou uma bolsa de estudos da...

Fazer o Bem para alcançar o Bem

Pelo Bem-Viver somos questionados a pensar outras formas de viver e nos ver também Natureza. Quando fui convidada para contribuir com uma coluna por aqui, meu coração de encheu de Bem. E, como não acredito em acaso – não que haja descrédito nele – imaginei que me sentir bem com um convite para escrever para um projeto que tem no “Bem” um centro, só poderia conotar algo de bom. E passei a refletir: o Bem é uma...

Valorização de quem faz

Hoje é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. E o que o trabalho escravo tem a ver com o consumo? Em dois mil e treze, no dia vinte e quatro de abril, mais de mil e cem pessoas morreram após o desabamento do edifício Rana Plaza, prédio que abrigava fábricas têxteis na periferia de Daca, em Bangladesh. Mais de dois mil e quinhentos funcionários ficaram feridos pela queda do imóvel, que deveria ter sido interditado, uma vez que suas paredes anunciaram a tragédia que estava a caminho - mas os...

Vozes Vegetais

O novo ano começa com uma ótima novidade no mercado editorial brasileiro, que veio para oxigenar este janeiro que está literalmente sufocante com o avanço da segunda onda da pandemia. Para compreender ainda mais a importância dessa década que se inicia - e na qual uma nova relação com o meio ambiente, com as florestas e as plantas se faz necessária - um excelente início é a leitura do livro “Vozes Vegetais”, da Ubu Editora. “Ouvir as vozes vegetais é o primeiro passo para vegetar com elas....

aquário: a imagem coletiva

em aquário estamos chegando ao fim de nossa jornada zodiacal. chegamos ao posto que antecede o signo de peixes, o último do zodíaco. . aquário simboliza nossos 84 anos humanos, idade da liberdade e da soltura do ego e da necessidade de aprovação social. . aquário é um signo de elemento ar: liberdade e independência, autonomia e originalidade. como signo fixo, aquário também precisa manter-se seguro, o que justifica seu...

Direito à liberdade religiosa

Hoje é marcado como o Dia de Combate à Intolerância Religiosa, que ocorre há alguns anos como forma de estimular o bom convívio de todas as fés no território brasileiro. Mas você sabe como essa data surgiu? Há 21 anos atrás, no ano 2000, a intolerância religiosa custou a vida da Mãe Gilda de Ogum, Ialorixá de Itapuã (BA). Sua fé era vinda de outros cantos, sua religião, de matriz africana. As agressões verbais...

Amazônia: berço do clima no Brasil e no mundo

Salve, glorioses. Arrebalde é um substantivo masculino, usado para indicar um local afastado da cidade, uma periferia. Com este título o jornalista, documentarista e produtor de audiovisual João Moreira Salles publica em sua revista, Piauí, uma série de reportagens sobre uma "periferia" chamada Floresta Amazônica. Dividido em três partes, Arrebalde é fruto de dois anos de pesquisa, além de 5 meses de checagem, in loco, e narra a saga da exploração da Amazônia sob vários...

Capricórnio: a solidão da montanha

Quando atingimos o ponto máximo do céu, chegamos em capricórnio. Ponto conhecido como zênite ou meio do céu (vale a leitura do que já estudamos sobre o MC). Capricórnio é ancião, heremita, distante e solitário. Associado à cabra da montanha: focada e literal que segue seu rumo vertical em direção ao topo. Símbolo de determinação, persistência e longevidade: capricórnio sobe em direção à realização de...

Futuro é Indígena

Salve, glorioses. Chegamos à última Quarta Gloriosa de 2020, um ano de desafios mas também aprendizados.  Começamos com a missão de compartilhar a trajetória daqueles que dão rosto à luta indígena brasileira, e em 1 de janeiro saudamos Cacique Raoni Metukire no Dia Mundial da Paz.  Nesses 12 meses, também saudamos as ideias para adiar o fim do mundo propostas por Ailton Krenak, a voz adolescente da Amazônia que...

A Grande Mutação

Hoje, dia 21 de dezembro, não é um dia qualquer. Além de ser o dia mais longo do ano, o solstício de verão, é o dia que também acontece a conjunção de dois titãs, Júpiter e Saturno, dois planetas cujo último encontro aconteceu há 20 anos no signo de Touro, do elemento terra. O que torna astrologicamente esse dia tão importante é que ambos os planetas agora se encontram em Aquário, signo do elemento ar, e isso não ocorria há 200 anos. É o que os astrólogos chamam de Grande Conjunção, e mais ainda por estarem...

Enroladinho de folha de arroz

Para o almoço desse domingo, que tal uma receita super leve e colorida como o verão? Nossa dica é o enroladinho de folha de arroz com vegetais da Bela Gil. Confira abaixo a receita escrita por ela própria em sua rede: Esse enroladinho de folha de arroz com vegetais sempre foi um jeito meu de celebrar a chegada da primavera principalmente quando morava em países de clima temperado. E nesses lugares, para diferenciar do famoso rolinho primavera, eles são chamados de rolinhos de verão. Pois ao invés de fritos e recheados com...

Putanny: O canto da transformação Yawanawá

Salve, glorioses. Hoje, trago a mágica experiência vivida por Putanny Yawanawa, mulher-pajé do povo conhecido como os queixadas - espécie de porco selvagem, conhecido por viverem em bandos numerosos. Já que é na coletividade que reconhecem sua força. Pois estava Putanny, vivendo na cidade há bastante tempo, longe da Terra Indígena Rio Gregório,  há 3 dias de canoa e quatro de caminhada na mata. O chamado da floresta veio durante o sono quando, num...

Sons Esféricos: cura musicada

Do encontro entre mulheres, arte e cristais nasceu o Sons Esféricos, projeto da terapeuta brasileira Pat Diogo com a harpista argentina Sole Yaya. Juntas, com a harpa e tigelas de cristal de quartzo, conduzem vivências que são verdadeiras sessões de cura musicada.  Tudo começou quando Pat visitou uma exposição da artista sueca Hilma af Klint na Pinacoteca de São Paulo e lá teve um insight...
Selecione sua moeda
EUREuro
Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?