Praia do Aventureiro

Praia do Aventureiro, Ilha Grande

Na costa sudoeste de Ilha Grande, em Angra dos Reis (Rio de Janeiro), a Praia do Aventureiro reúne pouco mais de 100 moradores em um povoado sem luz elétrica, sinal de celular ou internet. Escondida atrás de trilhas e muita natureza, a Praia recebe turistas que buscam desconexão total do urbano e profundo contato com a natureza.  E certamente é isso que eles encontram nesta que é conhecida como uma das mais belas paisagens brasileiras.

Rafael Cava/Guia Viajar Melhor

A simplicidade da Praia do Aventureiro

Ilha Grande fica no litoral sul do estado do Rio de Janeiro e faz parte do município de Angra dos Reis. Possui pouco mais de 190 quilômetros quadrados de área e é a sexta maior ilha marítima do país. Com mais de 15 praias e incontáveis vilarejos, a Praia do Aventureiro é uma que se destaca pela simplicidade em meio à turística Ilha. Ela é pequena, com pouco mais de 500 metros de areias brancas, e não oferece nada além da pura natureza. Mas neste caso, isso não é um defeito. Pelo contrário.

A energia elétrica em Aventureiro vem de pequenos geradores que não funcionam depois de 22 horas. Também não há pousadas, restaurantes, bancos ou lanchonetes. Em frente à paradisíaca ilha de águas agitadas com piscinas naturais calmas nas extremidades há um pequeno vilarejo onde os próprios moradores oferecem tais serviços. São pouco mais de 10 campings montados nos quintais de moradores, e alguns restaurantes caseiros montados nessas casas. Tudo muito simples e natural. Quem chega à Praia não procura por outra coisa.

Para chegar a este paraíso, porém, o acesso não é tão simples. São duas opções: por mar aberto ou trilha. Para quem sai de Angra dos Reis, são cerca de 2 horas e meia de barco até chegar à pequena praia, a depender da embarcação e do ânimo do mar. Se você já está em Ilha Grande, outra opção é ir a pé pela vizinha Praia do Provetá. Ainda assim são de 2 a 3 horas de caminhada pela Trilha T9, íngreme (cerca de 3.500 metros) com mata aberta no topo.  Alguns turistas, inclusive, preferem se hospedar na Vila de Provetá, onde há uma estrutura turística montada.

Em Aventureiro a opção é familiar, com pequenos quartos nas casas de moradores e comida caseira. Isso porque a Praia faz parte de uma Reserva Biológica e de Desenvolvimento Sustentável que desde 1981 atua para manter intacta esse paraíso natural.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Já falamos aqui no blog de alguns destinos brasileiros que são verdadeiros tesouros escondidos na natureza. Aventureiro se soma a essa lista com muito afeto pela simplicidade. Quando sua rota passar pelo Rio de Janeiro, permita-se a esse encontro.

Não existe comentário.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux