Rituais de Ano Novo pelo mundo

rituais de ano novo

No Brasil, na virada do dia 31 de dezembro para primeiro de janeiro os céus se enchem de fogos e comemora-se a virada do ano no calendário gregoriano. Inúmeras pessoas estão se envolvendo em algum tipo de evento (de festa a apenas fazer promessas) para a virada de ano. Mas a questão é que estamos tão acostumados a ver a numeração do ano e a forma de dividir o calendário ligados à eventos religiosos, que muitas vezes esquecemos como isso, no final das contas, é somente uma das formas que a virada do ano é comemorada. Por isso, separamos alguns rituais de ano novo para mostrar para vocês!

Diferentes rituais de ano novo no mundo

Etiópia

O Ano Novo, chamado Enkutatash, é celebrado na Etiópia em 11 de setembro, quando a estação chuvosa termina. Os etíopes fazem altas fogueiras de eucaliptos e abetos, e na praça principal da capital do país, Adis Abeba, os habitantes se reúnem para observar para que lado cairá o topo da fogueira principal. O lado em que as brasas caírem indica a região do país em que ocorrerá a colheita mais abundante. Durante a celebração, os habitantes, vestidos com roupas tradicionais, vão à igreja e visitam seus amigos, e as crianças, em trajes coloridos, dão coroas de flores e visitam os vizinhos.

Índia

Para os seguidores do Hinduísmo, a Festa das Luzes, ou o Réveillon hindu, dura cinco dias. A comemoração incluiu lamparinas, incensos e fogos de artifício para afastar as forças do mal. O Ano-Novo hindu varia entre as regiões da Índia, dependendo do estudo dos astros, e celebra o retorno da deusa da prosperidade, Lakshmi.

Birmânia

Aproximadamente, de 12 a 17 de abril, o Ano Novo chega na Birmânia (Myanmar). A festa se chama Thingyan, e quanto mais barulho e alegria, melhor. Isto porque é assim que se consegue chamar a atenção dos deuses da chuva. Nas ruas se realiza uma espécie de Dilúvio Universal, em que jogam água nos pedestres, usando mangueiras e baldes, e os jovens expressam sua homenagem às gerações mais velhas lavando os cabelos dos idosos com shampoo de casca de feijão. É também costume salvar um peixe de um tanque com o risco de secar, para liberá-lo em um grande lago, alegando o seguinte: “Liberto-o uma vez, para que me libertem 10 vezes”.

Japão

No Japão, o Ano Novo é celebrado de acordo com o calendário gregoriano, o mesmo que usamos aqui no Brasil e em boa parte do mundo. O período festivo começa em 25 de dezembro e dura quase um mês. Os japoneses decoram as casas com composições de galhos de bambu, ameixa e abeto, simbolizando abundância, prosperidade e amor. Já na véspera do Ano Novo, os japoneses visitam os templos pedindo aos deuses que não lhes faltem felicidade e saúde, além de dar uns aos outros bolinhos de arroz nas cores branco e rosa, uma vez que essas duas cores trazem boa sorte.

Itália

A Itália comemora a chegada do Ano Novo ao amanhecer de 1.º de janeiro. As pessoas tomam as ruas adornadas para a ocasião com luzes brilhantes, o trânsito é interrompido e nas praças há performances com fogos de artifício, como pano de fundo. Alguns italianos, para celebrar o Ano Novo, lançam de suas janelas coisas velhas. Acredita-se que, quanto mais coisas velhas você jogar, mais feliz será no próximo ano. Em Roma existe a tradição de saltar na noite festiva da ponte no rio Tibre, para alcançar a felicidade. E em Veneza há o hábito de se beijar durante a chegada do Ano Novo. A Praça de San Marco, ao ritmo dos sinos e do barulho dos fogos de artifício, se enche de centenas de casais se beijando. Fofo, não é?

 

Quais desses rituais de ano novo você mais gostou?

É tão interessante descobrir que existem tantos lugares com tradições super bacanas e diferentes das que conhecemos! Que tal pegar alguns pedacinhos desses rituais de ano novo e aplicar no seu? Afinal, toda a ideia de purificação, harmonia e pedidos de prosperidade se encaixam perfeitamente nos nossos desejos para o novo ano, não é mesmo?

Feliz 2019!

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux