Sebastião Salgado

Caneca Porcelana Receita Submarino de Chocolate

Caneca Porcelana Receita Submarino de Chocolate

Comprar

O fotógrafo brasileiro Sebastião Ribeiro Salgado nasceu na cidade de Aimorés, em Minas Gerais, no dia 8 de fevereiro de 1944. Graduou-se em Economia na capital do Espírito Santo, Vitória e pós-graduou-se na USP. Trabalhou no Ministério da Economia, mas sua paixão e talento foram descobertos mais tarde após sua vida passar por uma reviravolta.

Salgado foi forçado a buscar asilo político em Paris, no ano de 1969, por causa das perseguições políticas empreendidas pela Ditadura Militar. Lá, completou o doutorado em Economia e mais tarde de volta ao Brasil, atuou na Organização Internacional do Café como especialista na fiscalização de plantações africanas. Ao completar 29 anos, embarcou em uma viagem à África, levando consigo uma máquina fotográfica de sua esposa, Lélia Wanick Salgado. Foi aí que aconteceu seu encontro definitivo com a fotografia.

Na fotografia, Sebastião descobre uma excelente forma de enfrentar os acontecimentos do mundo, principalmente nos aspectos econômicos. Desde o começo ele dedicou-se a registrar os excluídos, os que se encontram à margem da sociedade transformando-se em um dos principais e mais venerados fotógrafos da atualidade.

Suas fotos são todas em preto e branco e essa é sua marca. Em 1973, Salgado voltou para Paris e deu início à nova profissão fazendo trabalhos como freelance abordando desde o clima seco no perímetro africano de Sahel, até imigrantes assalariados europeus. Passou pelas principais agências fotográficas da Europa, realizando diversos trabalhos memoráveis e depois lançou Sahel: O homem em pânico, produzido em parceria com a ONG Médicos sem Fronteiras. O artista também registrou a emigração massiva de pessoas no mundo todo, dando origem à obra Êxodos e Retratos de Crianças do Êxodo, no ano de 2000. Salgado já publicou pelo menos dez livros e realizou inúmeras exposições, conquistando prêmios importantes e honrarias recebidas na Europa e América.

Neste ano (2015), o documentário “Sal da Terra”, que retrata a vida do fotógrafo, foi indicado ao Oscar 2015.

Você já conhecia o artista e suas obras?

Até a próxima!

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux