Sobre ter muitos filhos

Capa Almofada Amor

Capa Almofada Amor

Comprar

Ultimamente minha vida tem sido bastante corrida e administrar uma família, não é fácil, confesso. Mas apesar disso, mantenho contato com todos e administro a rotina dos filhos mais novos, Ana e Bento. As mais velhas já moram sozinhas, mas também recebem carinho, mesmo que virtualmente.

Sempre quis ter quatro filhos, sei lá por quê. Acho que sempre simpatizei com esse número. Ser mãe significa muito para mim, é algo extremamente forte, realmente nasci para isso. Não sou lá muito sensível e chorona, mas meus filhos conseguem mexer comigo de um jeito todo especial. Sempre tento estar com eles para agarrá-los e apertá-los, rs. Os mais velhos começam a reclamar, mas sempre sentem falta depois de um tempo.

O mais engraçado em ter tantos filhos, é notar a personalidade única de cada um e entender de uma vez por todas que ninguém é igual. Somos diferentes pra caramba. A Cleo, por exemplo, é muito focada e séria no que se propõe a fazer. A Antonia tem essa coisa meio hippie e a Ana é bastante metódica com as coisas dela. O Bento é conciliador, como eu.

A arte de conviver com personalidades diferentes e viver em uma família grande me mostra que o mundo ainda tem muito a aprender como ser humano. Somos estranhos, somos únicos e temos nossas peculiaridades. Basta aceitar o próximo e respeitá-lo dentro dos valores que permeiam o amor.

Depois me conta como é a sua família?

Beijos e até a próxima!

Gloria Pires

Não existe comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux