Arquivos de Tag: juliana coelho

sagitário: caçador de mundos

localizado entre escorpião e capricórnio, sagitário olha pra trás e diz, “eu perdi e agora, por isso, posso dar valor ao que tenho”. A base de sagitário é escorpião, já que o verdadeiro prazer pela vida (de sagitário) nasce depois da experiência de morte/perda (de escorpião). Quando você atravessa uma experiência de morte/transformação e se regenera, o retorno à vida é regido pelo fogo ancião, o fogo da sabedoria. Sabedoria que só tem quem já morreu. Sagitário já...

escorpião: o silêncio

o que é escorpião? um arquétipo do elemento água em seu princípio fixo. quando imaginamos o poço profundo de onde retiramos água com balde, estamos diante de uma imagem escorpiana: escorpião são as fontes e nascentes de água, a água subterrânea, que está abaixo do lençol freático: água pura, rica, solvente.  a qualidade mais pura do elemento água está em escorpião, a mais potável: mas até encontrá-la...

virgem: a orquestra precisa

o signo de virgem é representativo do elemento terra em seu princípio mutável. trata-se do signo de terra com maior teor de ar: falamos em virgem, na mente analítica. a palavra: ‘análise’ faz parte do mundo de virgem e caracteriza-o de maneira única: o olhar crítico e analítico compõem o rigor virginiano, perfeito por sua riqueza em detalhes e minúcias jamais percebidas a outros olhos. assim como uma orquestra funciona com todos os envolvidos agindo discreta e precisamente, cada um com seu instrumento e seu tom:...

câncer: águas

desde que nascemos (em áries), passando pela nossa sobrevivência ‘estática’ no berço (em touro), seguido por gêmeos, quando interagimos com o mundo externo: até aqui o mundo se reduz a nossa própria existência. até aqui, a criança existe, mas não sabe que existe: ela existe e vive tudo o que se passa à sua volta sem, contudo, refletir sobre a própria existência: ela absorve, percebe, escuta, imita, vive e interage com seu entorno, mas é na fase canceriana que este ser passa, pela primeira vez, a reconhecer-se como...

gêmeos: o bebê curioso

pra começar, vamos relembrar que quando falamos em signos estamos computando um vasto campo de arquétipos associados e classificados nos quatro elementos: fogo, terra ar e água (ver sequência de textos dos quatro elementos). o signo de gêmeos é simbolizado pelo momento em que o bebê sai do berço: momento de explosão de novidade, estímulo nervoso e curiosidade. a vida fora do berço é um pacote de excitação e eletricidade: existem muitas opções de rota, pessoas, vozes, cheiros, sons, hábitos, contatos, permissões:...

touro: meu primeiro ritmo

touro: eu quero elemento: terra princípio: fixo palco astrológico: casa 2 parte do corpo: glândula tireoide / amígdalas / colo planeta regente: vênus oposto complementar: escorpião arquétipo arché: ‘ponta’; ‘princípio’. tipós: ‘impressão’; ‘marca’; ‘tipo’. Uma camada mais ou menos superficial do inconsciente é indubitavelmente pessoal. Nós a denominamos inconsciente pessoal. Este porém ...

nortes do eu: descendente

Com este texto, encerramos nossa série: nortes do eu. O que viemos estudando até aqui nos dá base, nos dá chão para que saibamos nos situar quando estamos diante de um mapa astral. A porta de entrada, como vimos, para a leitura e interpretação do céu no momento do nosso nascimento é a cruz-base: essa cruz funciona como uma bússola em nossas investigações...

Nortes do eu: Ascendente

“o mais elevado e o mais desejado estado de todo plano da evolução é a união.” (pathwork) dando sequência aos nossos estudos de astrologia, vamos começar a entender mais profundamente o significado da sigla das quatro extremidades da cruz-base - que vimos superficialmente no último encontro - AC / DC; IC / MC. ...

Ar: se eu não sou o outro, quem sou eu?

Na sequência dos quatro elementos, vimos: fogo (libido, propósito), terra (manutenção, estrutura) e água (sentimento, senso de sentido): agora, vamos entender qual é a lógica do elemento ar.  Abaixo temos a imagem de um mapa astral, podemos, para finalizar nosso estudo dos quatro elementos, retomar nesta imagem do mapa a cruz central, cujas quatro pontas estão nomeadas com AC, IC, DC, MC. Agora, coloque o foco da sua atenção nos pontos AC -...

Astrologia: Elemento Terra

pensemos em nossa jornada de nascimento -- ritual de chegada ao planeta terra, nenhum ser humano está livre da necessidade de nascer -- foram nove meses de espera em bolsa de água: o ventre, lugar de absoluta segurança e aconchego, nunca estivemos em lugar tão protegido: além do contato simbiótico com a presença daquela que nos guarda, nossa protetora, nossa loba: mãe. ...

Astrologia e os quatro elementos: Fogo

Introdução à mandala astrológica Ao olharmos para a imagem a seguir, esta mandala simbólica do céu, podemos perceber o cruzar de duas linhas: unindo um eixo vertical (meridiano) a um horizontal -- perceba a existência de duas pontas, nomeadas como AC e MC (estudaremos estas siglas mais adiante) -- esta cruz divide os 360 graus (da circunferência) em quatro partes, as quais, fatalmente, associamos aos quatro pontos cardeais, logo: às quatro estações do ano e, por isso, aos quatro...

Astrologia e os Quatro Elementos: Água

Um bebê precisa de muita agressividade para nascer. Para romper as barreiras e atritos físicos do corpo da mãe, um bebê precisa estar decidido a sair dali, precisa estar na posição, apontando como bala para chegar a este mundo: no ato do nascimento encontramos a primeira manifestação do elemento fogo em nossa jornada: a agressividade positiva, o ato de colocar-se de maneira determinada e ativa no arranque de vida. Atos como...

Astrologia com Juliana Coelho

Se você está lendo este texto, é quase certo que você seja um ser humano. Para termos certeza disso, vou propor aqui três perguntas e se a resposta para todas as questões for ‘sim’: sim, você é um ser humano e, então, teremos um ponto de partida para nossa troca astrológica. Você nasceu no planeta terra? Você nasceu dotado de uma...
Selecione sua moeda
EUREuro
Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?