Terapias alternativas para cuidar dos nossos Pets

terapias alternativas

No último mês, falamos um pouco sobre a medicina veterinária integrativa e em como ela pode ajudar a melhorar a qualidade de vida dos nossos pets. Uma das maneiras que ela trabalha, além da busca pela alimentação natural, é também na utilização das terapias alternativas integrativas para o tratamento dos animais.

A Dra. Ana Catarina Valle, da Veterinária Natural Pet, nos contou um pouquinho sobre o bem que esses tratamentos fazem para os bichinhos, que compartilhamos a seguir:

“As terapias integrativas compreendem todas as formas de tratamentos que não agridem o organismo dos animais, nem provocam efeitos colaterais.

Elas são um conjunto de terapêuticas que visam a cura do organismo como um todo, tratando-o de forma única e integral. 

Os pacientes são tratados de forma individualizada, onde cada caso é um caso, e onde prevenir se torna bem melhor que curar. Dessa forma, proporcionamos uma melhor qualidade de vida e longevidade aos nossos pets. 

Dentro dessas terapias, podemos citar a Homeopatia, Acupuntura, cuidados com a alimentação (fornecendo comida de verdade aos animais, sempre que possível), Ozonioterapia, Cromoterapia, Reike, Florais, entre outras.” 

Como as terapias alternativas podem ajudar nossos pets?

Muitos males podem ser tratados a partir das terapias alternativas. Por exemplo:

  • diabetes
  • epilepsia
  • giardíase
  • insuficiência renal aguda e crônica
  • gastrite
  • erliquiose (doença do carrapato)
  • dermatites
  • ansiedade e hiperatividade
  • obesidade 
  • anemia
  • pseudociese (gravidez psicológica)
  • hepatite
  • hipotireoidismo
  • doenças oftalmológicas, cardíacas, articulares e degenerativas 
  • entre outras 

É importante frisar, contudo, a necessidade de consultar sempre um veterinário, para que seja indicado o tratamento adequado para cada situação, bem como o acompanhamento e assistência de cada um. Isto ajudará ainda mais a trazer mais equilíbrio e relaxamento na vida dos nossos bichinhos.

Além disso, como bem apontou a Dra. Ana Catarina, é muito importante que todos os tutores invistam no uso das terapias alternativas como uma medida de prevenção, e não só tratamento. Dessa forma, qualquer doença pode ser detectada com antecedência, tornando o tratamento muito mais efetivo.

Pense nisso, opte pelas terapia integrativas desde cedo!

 

Colaboração: Dra. Ana Catarina V. Valle

Doutoranda em Ciências Genômicas & Biotecnologia

Mestrado em Ciência Animal

Pós-graduação em Homeopatia & Acupuntura Veterinária

Diretora da Associação Brasileira de Medicina Veterinária Integrativa – ABMVI 

Diretora do Instituto Dr. Izao Soares – IDIS Medicina Integrativa

Responsável pelo Departamento de Pesquisa & Desenvolvimento do Laboratório Injectcenter

Médica Veterinária Integrativa na Clínica Veterinária NaturalPet

Não existe comentário.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux